17/06/2022 13h08min - Geral
2 semanas atrás

"Quadrilha da Parati" confessou que furtou R$ 180 mil em produtos de 30 casas


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Campo Grande NEWS


Uma operação comandada por um policial militar da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar prendeu outros dois integrantes da “Quadrilha da Parati”, que arrombavam e furtavam residências em Campo Grande. O grupo confessou que invadiu cerca de 30 casas e que conseguiu R$ 180 mil com os produtos furtados. Segundo a PM, o modus operandi dos criminosos consistia em sondagem das residências que seriam alvos dos ataques. Guilherme Gomes Lemes, morador do Bairro Moreninha II, era quem ficava a cargo de sondar as casas. Maycon Rodrigo Souza De Andrade, morador do Bairro Aero Rancho, era o motorista da quadrilha. Já Stefferson Souza Do Carmo, foragido da justiça e procurado pela Polícia, se encarregava de buscar receptadores. Ele também ajudava a destruir portões, portas e janelas, juntamente com Guilherme, para furtar os bens dos imóveis. Carlos Eduardo Amorim De Almeida e Roque Sander Rodrigues, foram presos e autuados em flagrante na quarta-feira (15) na Depac Centro. Só neste mês de junho, o CIOPS da Polícia Militar recebeu diversos chamados de vítimas afirmando que teriam sido alvos da quadrilha. Na terça-feira (14) os criminosos furtaram uma casa no Bairro Paraíso do Lageado. O bando arrombou o imóvel e levou uma TV 43, Led, Smart, FHD e um Vídeo Game Xbox. A polícia foi acionada, porém parte dos ladrões, Carlos, Roque e Maycon, foi localizada no dia seguinte no Bairro Aero Rancho. Eles haviam escondido a Parati numa outra residência próxima. O trio delatou os outros integrantes e entregou as redes sociais dos comparsas para auxiliar nas buscas. Após checagem, a polícia descobriu que Guilherme usava tornozeleira, mas que havia cortado a mesma, o que dificultou sua localização.   Policiais então seguiram até a praça no Bairro São Jorge da Lagoa, já que o grupo preso havia dito que se encontravam naquele local para planejar ou comemorar algum crime. Na praça a dupla foi localizada e presa. Ambos confessaram a participação no crime e se propuseram a devolver os produtos furtados na última residência. Os objetos estavam na cerca do condomínio Residencial Aroeiras no Bairro Paulo Coelho Machado. O receptador ainda não foi identificado. Os objetos foram devolvidos à vítima e a dupla juntamente com uma mulher, a qual havia ajudado na fuga e esconderijo dos criminosos, foi levada para a Depac Cepol. Guilherme, que seria o ‘cabeça’ da quadrilha, prestou depoimento e foi liberado por não haver flagrante no furto duplamente qualificado.  Stefferson ficou preso.

•  campo grande news •  navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 30/06/2022 23h56min
Traficante de Salvador é preso em MS com R$ 304 mil em maconha
Geral - 30/06/2022 23h55min
Índios levantam barracos em fazenda invadida após morte de guarani
Geral - 30/06/2022 23h55min
Estrela de festa, fogueira gigante é concluída após um mês de montagem
Geral - 30/06/2022 23h13min
Fortaleza sai na frente, mas termina duelo empatado em 1 a 1 com o Estudiantes
Geral - 30/06/2022 22h52min
Com três jogadores a menos, São Paulo derrota Universidad Católica
Geral - 30/06/2022 22h31min
Atlético-GO perde por 2 a 0 para o Olimpia e sai em desvantagem nas oitavas
Geral - 30/06/2022 22h10min
Quadra sai para 53 apostas de MS e "Mega" pode pagar R$ 43 milhões no sábado
Geral - 30/06/2022 21h49min
Mulher morre e duas pessoas ficam feridas após colisão de carreta em veículo