28/06/2021 06h30min - Geral
4 semanas atrás

Aneel define nesta terça-feira novo reajuste na conta de luz em MS


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


Aneel define nesta terça-feira novo reajuste na conta de luz em MS. (Foto – Reprodução)

As contas de energia devem ficar mais caras em Mato Grosso do Sul nos próximos dias, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizará uma reunião na nesta terça-feira (29) para definir a mudança.

O aumento está programado para vigorar já a partir de julho, diante da pior crise hídrica na região das hidrelétricas dos últimos 91 anos e do acionamento de usinas termelétricas para garantir o fornecimento de energia.

A Aneel vai aumentar os valores das bandeiras tarifárias, sendo essa uma sobretaxa que é acionada quando o custo da geração de energia sobe, valores estes que podem chegar a ultrapassar um acréscimo de até 20%.

Caso seja confirmado o percentual, a bandeira vermelha patamar 2 deverá passar dos atuais R$ 6,24 cobrados a mais a cada 100 quilowatts/hora consumidos (kWh) para mais de R$ 7,50.

Segundo a Aneel, os níveis dos reservatórios estão “consideravelmente baixos”, e a perspectiva é “desfavorável”.

O cenário, acrescenta a agência, “sinaliza horizonte com reduzida capacidade de produção hidrelétrica e elevada necessidade de acionamento de recursos termelétricos”. A energia produzida pelas usinas termelétricas é mais cara se comparada com a das usinas hidrelétricas.

A bandeira tarifária é um sistema criado em 2015 e que aplica uma cobrança adicional nas contas de luz sempre que aumenta o custo da produção da energia no país, o sistema tem como objetivo informar aos consumidores quando o custo da geração aumenta, permitindo ao cliente gastar menos energia e, assim, pagar uma conta de luz mais barata.

Com isso, a diferença deverá ser coberta neste ano por meio de reajuste nas distribuidoras de energia, a agência afirma que não tem estimativa de quanto a conta de luz dos consumidores deve aumentar.

A cobrança das bandeiras tarifárias foi retomada em janeiro e, desde então, tem encarecido as contas de luz dos brasileiros.

Neste mês, ficou estabelecido que as contas de energia no país terão bandeira vermelha patamar 2, que é o mais alto e estabelece acréscimo de R$ 0,06243 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

 

RISCO DE RACIONAMENTO

Um dos motivos para o reajuste das tarifas é compensar os gastos extras que as distribuidoras devem ter esse ano, pois com a maior seca dos últimos 91 anos, será necessário maior acionamento de usinas termelétricas, que são mais caras.

O Ministério de Minas e Energia (MME) afirmou que as instituições do setor energético têm trabalhado "incessantemente" para garantir que não haja risco de racionamento de energia no país, por conta da crise hidrológica.

“As instituições do setor energético continuam trabalhando, incessantemente, para o provimento da segurança energética no ano que se deflagrou a pior hidrologia de toda a série histórica de 91 anos”, disse a pasta, em nota.

 

Confira algumas dicas que podem ajudar a reduzir a conta de energia no fim do mês:

 

Chuveiro elétrico

Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos;

Selecionar a temperatura morna no verão;

Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo.

 

Ar condicionado

Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado;

Manter os filtros limpos

Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado;

Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto.

 

Geladeira

Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário;

Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções;

Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira;

Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos;

Não forrar as prateleiras;

Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente.

 

Iluminação

Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo;

Pintar o ambiente com cores claras.

 

Ferro de passar

Juntar roupas para passar de uma só vez;

Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura;

Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa. (Com informações Jornal Correio do Estado).

Fonte: Jornal Correio do Estado

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 25/07/2021 02h02min
Caminhonete roubada no Paraná é recuperada em Dourados
Geral - 24/07/2021 18h13min
MS registra 547 casos novos e mais 14 mortes por Covid-19
Geral - 24/07/2021 17h12min
Homem morre atropelado em frente a mercado onde trabalhava e motorista foge
Geral - 24/07/2021 16h50min
Itaquiraí – Força Tática apreende mais de meia tonelada de maconha em barraco
Geral - 24/07/2021 16h09min
Lei de cotas para pessoas com deficiência completa 30 anos
Geral - 24/07/2021 15h08min
Indivíduo com inúmeras passagens policiais é preso por tráfico de drogas
Geral - 24/07/2021 14h06min
Mulher é presa com pistolas e munições em ônibus com destino a capital
Geral - 24/07/2021 13h07min
Família é feita refém durante assalto a casa e bandidos levam dois carros em roubo