17/05/2022 00h21min - Geral
2 meses atrás

Audiências públicas da Nova Ferroeste começam nesta segunda-feira


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


 

O município de Dourados abre nesta segunda-feira (16) a sequência de sete audiências públicas para apresentar os resultados do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) da Nova Ferroeste, idealizado pelo Governo do Paraná em parceria com o Governo de Mato Grosso do Sul.

Dourados recebe o diálogo dos técnicos envolvidos no projeto com a sociedade às 19 horas. O município fica a 90 quilômetros de Maracaju, ponto de partida da estrada de ferro que vai percorrer oito cidades do Mato Grosso do Sul e 41 do Paraná, até chegar ao Porto de Paranaguá, no Litoral.

As audiências públicas são etapas do processo de licenciamento ambiental prévio do projeto. Para a primeira semana estão programados três encontros: Dourados (16), Guaíra (18) e Cascavel (19). Em seguida, acontecem as audiências de Paranaguá (23), São José dos Pinhais (24), Guarapuava (26) e Irati (27).

Traçado já vem sendo discutido entre Mato Grosso do sul e Paraná, em 2021, o governador Ratinho Júnior esteve reunido com o governador Reinaldo e equipes dos dois governos (Foto arquivo: Chico Ribeiro)

 

Todas as audiências podem ser acompanhadas in loco e a distância. Os canais de comunicação criados para os encontros estão no ar. Até quinta-feira foram 4.500 acessos, com e sem interação, como envio de perguntas ou inscrição para o transporte gratuito ou agendamento da transmissão ao vivo das reuniões.

As opções de contato passam por um número de 0800, mensagens por WhatsApp e o site oficial. Mais de 70% da procura ficou concentrada no site, onde estão disponibilizados os resultados que serão objeto de discussão nos encontros.

A população dos 49 municípios do traçado também pode optar pelo transporte gratuito para ir até os locais previstos das reuniões. O maior volume de pedidos até o momento é para as audiências de Dourados (MS), Cascavel e Paranaguá.

“É de fundamental importância a sociedade contribuir com o processo de licenciamento desse projeto de infraestrutura que vai influenciar a vida de milhões de brasileiros nas próximas décadas”, destaca o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luiz Henrique Fagundes.

 

IMPORTÂNCIA LOGÍSTICA

Segundo o governador Reinaldo Azambuja, o projeto da Nova Ferroeste é estratégico sob o ponto de vista da logística e também da competitividade. "No futuro, com a viabilização da ferrovia, o nosso Estado vai diminuir a exportação de commodities e ampliar a exportação”, explicou o governador. 

Para o secretário de Estado da Produção, Meio Ambiente, desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar (Semagro) Jaime Verruck, a Nova Ferroeste se insere dentro da proposta de desenvolvimento da logística no estado de Mato Grosso do Sul. "A questão ferroviária ela sempre se colocou como prioridade dentro do Governo. A primeira foi a instalação dos terminais da Ferro Norte. Nós conseguimos reabrir o terminal de Chapadão do Sul. A segunda é o processo todo da Malha Oeste que estamos finalizando o estudo para esse ano. E no segundo semestre deve ser colocado. E essa a Nova Ferroeste que é uma nova linha ferroviária", afirmou.

Verruck lembra que hoje Mato Grosso do Sul exporta praticamente 40% de toda produção pelo Porto de Paranaguá. "E essa nova Ferroeste traz essa linha e o objetivo de tudo isso é dar competitividade ao projeto deve ser finalizado agora. A intenção é de que ainda no segundo semestre a gente possa colocar para leilão na B3 para que busque os investidores interessados e será um investimento privado", concluiu.

 

VISTORIA DE TÉCNICOS

Como parte do processo de licenciamento, os técnicos do Ibama iniciaram vistorias técnicas.

Segundo Fagundes, esta fase completa o processo ambiental. “É nessa visita que o Ibama confronta os dados que foram apresentados nesse imenso estudo, com mais de 3 mil páginas. No sobrevoo eles terão contato visual com toda área prevista para a passagem dos trilhos", salienta.

Eles ainda sobrevoam o trecho entre Cascavel e Maracaju, passando por Guaíra. “Eles vão passar por praticamente todo o traçado para ter uma visão mais clara dos impactos positivos e negativos do empreendimento”, completa. (Com informações Sul News).

 

Fonte: Sul News

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 06/07/2022 00h41min
Naviraí-Prefeitura adquire EPIs para combate a incêndios florestais
Geral - 06/07/2022 00h10min
Camioneta furtada em Ribeirão Preto é recuperada pelo DOF com adolescente de 17 anos
Geral - 06/07/2022 00h03min
Quarteto do PCC que matou rival na frente da mãe é condenado a 58 anos de prisão
Geral - 05/07/2022 23h58min
DOF apreendeu mais R$ 330 milhões em drogas e contrabando
Geral - 05/07/2022 23h56min
Pelo menos 20 estados anunciaram a redução do ICMS sobre combustíveis
Geral - 05/07/2022 23h56min
Mato Grosso do Sul recebe 70 mil vacinas para reforçar imunização contra covid
Geral - 05/07/2022 23h55min
Óculos, cigarros e pneus são confiscados após abordagem em distrito
Geral - 05/07/2022 23h50min
Nos pênaltis, Corinthians elimina o Boca Juniors e vai às quartas