09/07/2021 15h47min - Geral
4 meses atrás

Áudios da quadrilha investigada pela PF de Naviraí revelam que grupo anda armado em carros velozes e chegam a falar de matar delegado


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


 

As “Operações Celeritas” e “Operação Greasy Money”, deflagrada na manhã de quarta-feira (07) pela Polícia Federal de Naviraí contra organizações criminosas voltadas ao contrabando de cigarros paraguaios, tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro, revelou que quadrilha anda somente em carros velozes, armados e chegaram em falar em matar um delegado.

As operações contaram com 176 policiais federais, que cumpriram 30 mandados de prisão preventiva e 31 mandados de busca e apreensão, expedidos pelas Justiças Federais de Naviraí e Campo Grande, nas cidades de Naviraí, Itaquiraí, Eldorado, Tacuru e Bataguassu, tendo um total de 17 pessoas presas, além de apreensões de dinheiros e veículos.

Durante as investigações que teve início em 2017, a Polícia Federal identificou que membros da organização criminosa mencionaram a possibilidade de atentarem contra a vida de autoridades da segurança pública, demonstrando a periculosidade de seus integrantes. Áudios obtidos durante as investigações, revelam os investigados exaltam a potência do veículo, dizendo que deu 265 km/h, demonstram ainda a total falta de segurança na condução, afirmando que a direção tremia muito devido ao excesso de velocidade. Veja a descrição do áudio abaixo:

INVESTIGADO 1: O "NATHAN" diz que o carro é uma galinha tá.

INVESTIGADO 2: Né não !!

INVESTIGADO 1: Diz que deu (duzentos e sessenta e cinco (265) começou a tremer. Ele num viu na vida dele um trem pra andar daquele jeito !!

INVESTIGADO 2: (Risos)

INVESTIGADO 1: É doido ! Diz que é um canhão. "É doido bicho ! Isso é uma máquina menino."

INVESTIGADO 2: Doido hein.

INVESTIGADO 1: Diz ele que daí começa a vibrar as vezes, treme um pouco e aí perde a estabilidade,

estabilidade. Diz ele que deu duzentos e sessenta e cinco (265). "Mas é nada! C deu isso bicho ? To te

falando bicho. Duzentos e sessenta e cinco. Não filmei porque tremia demais". Te juro por Deus que

ele falou.

INVESTIGADO 1: É doido. Eita máquina da porra. Mas beleza então.

Em outro áudio, após o flagrante de uma carreta carregada com 800 caixas de cigarros, os investigados falam sobre o prejuízo para a quadrilha e a atuação do delegado, o qual, conforme conversa dos alvos, não aceitava propina. Além disso, comentam sobre o poder do “homem”, do patrão, que poderia acabar mandando matar o referido delegado. Veja a descrição do áudio abaixo:

INVESTIGADO 1: Mas porque ? Não tava pagando ?

INVESTIGADO 2: Não, mas lá o Delegado não aceita, o Delegado lá não pega.

INVESTIGADO 1: Ele tava a paisano será ?

INVESTIGADO 2: Tava, tava paisano, na hora que viram tava em cima. Só deu tempo de jogar o caminhão em cima, já abrir a porta e ganhar.

INVESTIGADO 1: De dia ?

INVESTIGADO 2: Ahan, agora a pouco.

INVESTIGADO 1: Eita porra, como é que conseguiu escapar ?

INVESTIGADO 2: Sei lá que porra que ele inventou. Num sei se eles escapou ou se pegou.

INVESTIGADO 1: Ah, pra escapar de dia não é fácil não.

INVESTIGADO 2: Tentou escapar pelo jeito lá.

INVESTIGADO 1: Rapaz.

INVESTIGADO 2: To em outra turma aqui já ferrado.

INVESTIGADO 1: Hum, que cagada hein bicho. Eita porra, se o cara num é do acerto e a "azulzinha" é do acerto (ininteligível), porque que não avisaram ?! "Ó num vem não que o Delegado hoje tá andando".

INVESTIGADO 2: Então, mas parece que tentaram avisar, mas daí se sabe que ele é um cu de mexer tem hora né. C va tentar avisar e o cara "pode deixar que eu vou tirar hoje e é hoje que eu quero tirar". Aí parece que o Delegado tava de folga e tava lá a paisano e foi uma só na cabeça, aí deitou.

INVESTIGADO 1: Eitá, ele vai ficar louco.

INVESTIGADO 2: Vai né cara, fazer o que !!

INVESTIGADO 1: Será que ele num vai mandar matar o Delegado não bicho ?

INVESTIGADO 2: Então, vai saber !

INVESTIGADO 1: Rapaz, num sei não se esse Delegado vai viver hein. (Risos) eu acho que ele num vai pegar a manga do final do ano não.

INVESTIGADO 1: Eu também acho que não rapaz. Eu num sei não bicho!! O que que c me fala ?

INVESTIGADO 2: É foda hein.

INVESTIGADO 1: Se eu tivesse o poder que o "homi" tem, hoje mesmo já busca ele.

Em um terceiro  áudio, após o flagrante de dois veículos carregados com maconha, o investigado questiona o motorista de um dos veículos carregados com ilícito, porque não atirou (“revidou”) na equipe policial durante sua fuga. Veja a descrição do áudio abaixo:

INVESTIGADO 1: Tá com a sua mauser? aí?

INVESTIGADO 2: Tá, claro ué (risos)

INVESTIGADO 1: Mas você nem revidou?

INVESTIGADO 2: Ahn?

INVESTIGADO 1: Deu nem tempo de revidar?

INVESTIGADO 2: Ah deu tempo não né cara, corri demais... preferi não revidar pra eles não ver o rumo que eu tava indo... (inaudivel) saindo, aí eles ve né

INVESTIGADO 1: Tá certo...

INVESTIGADO 2: E ia dar mais problema pra mim né

O nome das Operações -  “Operação Celeritas”, que significa “celeridade” ou “excesso de velocidade”. E “Operação Greasy Money” (ou ‘dinheiro oleoso’), por sua vez, deve-se ao fato de que parte do dinheiro proveniente das atividades criminosas do grupo era lavada por outra organização criminosa, chefiada por ex-político local, por meio de postos de gasolina, casa de shows e utilização de interpostas pessoas (“laranjas”).

 

 

 



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 12/10/2021 03h11min
Motorista é multado em 33 mil por transporte ilegal de carvão
Geral - 12/10/2021 02h11min
Após pouso de emergência em fios elétricos, paraquedista volta à competição
Geral - 12/10/2021 02h11min
Após pouso de emergência em fios elétricos, paraquedista volta à competição
Geral - 12/10/2021 00h41min
São Paulo fica no zero com o Cuiabá e chega ao quinto empate seguido
Geral - 12/10/2021 00h41min
São Paulo fica no zero com o Cuiabá e chega ao quinto empate seguido
Geral - 11/10/2021 18h27min
Força Tática prende homem que ameaçou de morte a esposa com uma faca
Geral - 11/10/2021 17h32min
Operação prende seis brasileiros suspeitos de chacina no fim de semana
Geral - 11/10/2021 17h28min
Homem tem carro roubado após parar à beira da estrada para fazer xixi em MS