21/09/2021 12h31min - Geral
4 semanas atrás

Azambuja diz que já estuda reduzir o ICMS da gasolina em Mato Grosso do Sul


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Durante entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (21) em Chapadão do Sul, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou que já estuda a possibilidade de reduzir novo tributo estadual.

“Está em ampla discussão e já está em estudo de talvez fazer a redução no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) da gasolina. Somos aquele que ousou e teve coragem de enfrentar essa pauta”, afirmou o chefe do Poder Executivo de Mato Grosso do Sul.

Ele relembrou a redução do ICMS do diesel, de 17% para 12%, além do ICMS sobre o álcool, para incentivar o consumo do combustível que é produzido no Estado. “Agora tivemos a ousadia de diminuir o ICMS da bandeira vermelha e agora recentemente a redução do ICMS na taxa de e escassez hídrica.”

Azambuja voltou a criticar a política da Petrobras na cobrança do preço dos combustíveis. “Isso é problema da Petrobras. Se ficar atrelado ao dólar, cada vez mais vamos ter problemas atrelados aos combustíveis”, concluiu.

Entenda - Vale lembrar que o governador já congelou a pauta fiscal desde abril. A pauta ou PMPF (Preço Médio Ponderado a Consumidor Final) é a base de cálculo do ICMS ST utilizada para evitar distorções entre os preços praticados ao consumidor final.

Os estados pactuaram por meio do Convênio ICMS 142 de 2018, no Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), que a pauta deve ser reajustada a cada 15 dias. Ela é fixada com base em preços usualmente praticados no mercado, obtidos por levantamento junto aos postos de combustíveis. No Mato Grosso do Sul, essa é a terceira quinzena em que o Governo não promove a pesquisa de preços e mantém a base de cálculo do ICMS.

Quando existem novos reajustes do produto por meio da Petrobras, incide no aumento do imposto. Contudo, quando o governo estadual congela a pauta, não sendo então atualizado o valor, ajuda a não aumentar ainda mais o preço ao consumidor.

Rio Grande do Sul – O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou a redução do ICMS nos combustíveis na semana passada, terça-feira (14). A partir de 2022 a alíquota cairá de 30% para 25%. A LOA (Lei Orçamentária Anual) do ano que vem prevê o fim das alíquotas majoradas de ICMS de combustíveis, energia e comunicações.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 12/10/2021 03h11min
Motorista é multado em 33 mil por transporte ilegal de carvão
Geral - 12/10/2021 02h11min
Após pouso de emergência em fios elétricos, paraquedista volta à competição
Geral - 12/10/2021 02h11min
Após pouso de emergência em fios elétricos, paraquedista volta à competição
Geral - 12/10/2021 00h41min
São Paulo fica no zero com o Cuiabá e chega ao quinto empate seguido
Geral - 12/10/2021 00h41min
São Paulo fica no zero com o Cuiabá e chega ao quinto empate seguido
Geral - 11/10/2021 18h27min
Força Tática prende homem que ameaçou de morte a esposa com uma faca
Geral - 11/10/2021 17h32min
Operação prende seis brasileiros suspeitos de chacina no fim de semana
Geral - 11/10/2021 17h28min
Homem tem carro roubado após parar à beira da estrada para fazer xixi em MS