24/10/2021 04h34min - Geral
2 meses atrás

Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Dois pescadores, ambos de 44 anos, foram autuados no município de Bonito, quando realizavam pescaria ilegal no rio Miranda e policiais militares ambientais de Jardim e Bonito, que trabalham na operação Hot point, os abordaram em um acampamento na tarde de sexta-feira (22). 

Eles praticavam pesca no local e, em uma caixa isotérmica no acampamento em que estavam, foram encontrados 84 exemplares de peixes nativos das espécies mandi, jurupensem e curimbatá.

Segundo a PMA, os turistas, residentes em Saudades e Chapecó, Santa Catarina, poderiam capturar e abater somente um exemplar de peixe nativo daquelas espécies encontradas com eles e, dessa forma, foi caracterizado o crime ambiental. Foram apreendidos o pescado, pesando 20 kg e a caixa isotérmica.

Os infratores responderão por crime ambiental de pesca predatória, por captura de pescado acima da quantidade permitida. Se forem condenados pelo crime ambiental, os pecadores poderão pegar pena é de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 900,00 cada um. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 08/12/2021 23h38min
Naviraí-Participem da Campanha de Natal do Lar Santo Antônio de e faça um idoso feliz
Geral - 08/12/2021 19h10min
Por R$ 3,7 milhões, empresa vai asfaltar acesso a assentamentos
Geral - 08/12/2021 18h45min
Encanador é preso por armazenar 200 litros de gasolina em galpão
Geral - 08/12/2021 18h20min
Três toneladas de drogas são incinearadas
Geral - 08/12/2021 17h48min
Foragido da justiça é encontrado e preso
Geral - 08/12/2021 17h45min
Produção de veículos tem alta de 15,1% no país
Geral - 08/12/2021 17h30min
Com facadas jovem morre na frente da quitinete
Geral - 08/12/2021 16h41min
Adolescente é apreendido por direção perigosa e desobediência