20/06/2021 15h40min - Geral
2 meses atrás

Com vacinação avançada, cidades de MS avaliam retorno às aulas no segundo semestre


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Municípios com vacinação avançada contra a Covid-19 em Mato Grosso do Sul, devem avaliar o retorno híbrido ou presencial às aulas, após as férias escolares, ou seja, no segundo semestre de 2021.

Japorã já vacinou a população até os 18 anos, porém, de acordo com o prefeito Paulo Franjotti (PSDB), cerca de 300 pessoas se recusam a tomar a vacina. “Antes de mais nada, vamos nos reunir para convencer essas pessoas a tomarem a vacina. São umas 300 pessoas, principalmente da aldeia”, disse.

Ainda segundo Franjotti, acima de 18 anos, praticamente toda a população de 9.923 pessoas já foi vacinada. “Vamos aguardar o retorno das férias escolares para ver como será feito, se será ensino híbrido, presencial ou se continua no remoto”, disse. 

Já a população de Juti, 4.476 doses foram aplicadas, conforme o Vacinômetro. Conforme o prefeito Gilson Cruz (PSD), o retorno às aulas será avaliado em decisão com o Governo do Estado. “Temos uma grande área rural e o transporte dos alunos só do município, não compensa fazer, por isso é preciso analisar com o Governo. Vamos ver depois das férias escolares”.

Em Pedro Gomes, a primeira dose já chegou a 40% da população, segundo o prefeito Willian Fontoura (DEM). “Só não vacinamos mais, porque as doses acabaram”.

Sobre as aulas, o prefeito é cauteloso. “Para imunidade da população, sabemos que em torno de 70% e 80% da população precisa estar vacinada”.

Fontoura diz que o ensino remoto tem funcionado bem no município. “Se voltar, vamos ver a questão do ensino híbrido. A saúde da nossa população está em jogo, precisamos ter cautela”.

Jaraguari também já chegou a vacinar pessoas com até 18 anos. Segundo o prefeito Edson Nogueira (PSDB), a primeira dose já chegou a 70% das pessoas do município. “Sobre as aulas, nós temos 19 assentamentos e vamos acompanhar a decisão do Estado. Fica difícil voltar só o município. Mas vamos avaliar só depois das férias escolares”.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias