05/05/2022 10h45min - Geral
2 semanas atrás

Comerciantes apostam em parcelamento para alavancar as vendas


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: SulNews


CAMPO GRANDE NEWS Faltando três dias para o Dia Das Mães, os comerciantes estão precisando usar da criatividade para melhorar o faturamento até o domingo. Este ano, 33,66% dos lojistas de Campo Grande, pretendem facilitar a forma de pagamento com parcelamentos a perder de vista, para atrair a clientela.  De acordo com a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), 31,86% deles apostarão na criação de promoções, outros 22,12% devem investir em divulgação nas redes sociais e 11,5% vão trabalhar com a criação de ofertas exclusivas. Luana Carneiro, gerente da loja de calçados Passaletti, que fica na região central da cidade, revela que o pedido por parcelamento na hora de escolher os produtos para as mães estão cada vez maiores. "O que eu vou dizer, acredito que vai ser o mesmo discurso da maioria dos varejistas, as pessoas estão buscando o crédito e algumas estão conseguindo ter uma linha de confiança um pouco maior por causa da antecipação do 13º salário", menciona. Segundo ela, o maior desafio para a data está se concentrando em fazer o presente se tornar acessível e se encaixar no bolso dos consumidores, que desta vez, estão optando em sua maioria por roupas, calçados e acessórios.  "Você não vê um fluxo tão grande para presentes como fogão e geladeira, que antes a gente dava às mães. Você não vê esse fluxo para produtos de primeiro preço, como sapato, perfume e roupas. O dia das mães não vai passar em branco, mas precisa ser algo que caiba no orçamento", enfatiza Luana. Exemplo disso é a jovem de 17, que não terá a identidade revelada pela reportagem. Ela conta que todo ano gosta de fazer algo para a mãe em forma de lembrar o dia, mas esse ano vai ser especial, já que conseguiu um emprego e vai poder dar uma lembranciha diferente. Contudo, a margem para o mimo não deve passar de R$ 100, conforme limitou a menina. "Vou dar algo de R$ 50 a R$ 100 e parcelar em até 4x. Pretendo comprar um anel, brinco, algo assim, especifica". O preço colocado pela jovem está dentro da expectativa dos empresários, de acordo com a pesquisa da Associação Comercial, já que 31,53% dos entrevistados preveem vendas entre R$51 e R$100, a maioria, ou seja, 43,24% esperam elevar esse valor para até R$200. Pouco mais de 17% dos entrevistados sinalizaram que as vendas devem ultrapassar os R$201.

•  sulnews •   noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 22/05/2022 18h43min
Homem ateia fogo em barracos com mulher dentro e esfaqueia rapaz na BR-163
Geral - 22/05/2022 18h15min
PMA apreende dois veículos com cigarros, narguilé e cigarro eletrônicos
Geral - 22/05/2022 18h15min
Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 65 milhões
Geral - 22/05/2022 18h15min
Verstappen vence GP da Espanha superando problemas
Geral - 22/05/2022 17h42min
Cachorro cai em córrego na Ernesto Geisel e bombeiros são acionados
Geral - 22/05/2022 16h26min
Vídeo: PM flagra condutor de BMW realizando “cavalo-de-pau” na Afonso Pena
Geral - 22/05/2022 15h25min
Cortejo fúnebre de Acevedo percorrerá as cidades de Pedro Juan e Ponta Porã
Geral - 22/05/2022 14h29min
Mineiro é preso com quase uma tonelada de maconha na BR-163