23/06/2022 17h11min - Geral
2 semanas atrás

Datafolha mostra leve oscilação nas intenções de votos para presidente


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Campo Grande NEWS


Pesquisa divulgada hoje pelo Instituto Datafolha indica leve queda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em relação a Jair Bolsonaro (PL). Enquanto o atual presidente subiu 1 ponto percentual, Lula caiu 1 ponto em comparação ao levantamento realizado e maio. Mesmo assim, Lula segue com larga vantagem, de 19 pontos percentuais sobre Bolsonaro. O petista tem 47% de preferência na pesquisa estimulada, contra 28% de Bolsonaro. Em terceira posição está Ciro Gomes (PDT). Segundo o Datafolha, o cearense teve a mesma oscilação na pesquisa, subindo de 7% para 8%. O restante dos pré-candidatos à presidência está empatado tecnicamente. A sul-mato-grossense Simone Tebet (MDB) piorou, conforme o levantamento. Tinha 2% em maio e agora aparece com apenas 1% da preferência dos eleitores.  A pesquisa contratada pelo jornal Folha de São Paulo foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob número 09088/2022. O Datafolha passou por 181 cidades brasileira, ouvindo 2.556 eleitores entre os dias 22 e 23 de junho. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

•  campo grande news •  navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 05/07/2022 10h36min
Anos de amizade e vivência na arte viram espetáculo de dança gratuito
Geral - 05/07/2022 10h28min
Justiça do Rio envia ao STJ análise de delação envolvendo governador
Geral - 05/07/2022 10h22min
Que horas são? Relógio da 14 de Julho sofre pane nesta manhã
Geral - 05/07/2022 10h10min
Gigantes, máquinas entram em ação na parte “bruta” de ponte entre MS e Paraguai
Geral - 05/07/2022 09h59min
Resgate de animais atropelados em rodovias aumentou 15% em MS
Geral - 05/07/2022 09h48min
Na Capital, servidores protestam contra assédio sexual dentro de agências
Geral - 05/07/2022 09h46min
Polícia Federal combate no Paraná contrabandistas de cigarros
Geral - 05/07/2022 09h36min
Doenças graves podem ter origem em lesões na infância