12/07/2021 07h25min - Geral
4 meses atrás

Defesa Civil emite alerta a MS com 8 cidades entre mais secas do País


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


Tempo seco pode acarretar problemas de saúde. (Foto: Álvaro Rezende)

Mato Grosso do Sul registrou o menor índice de umidade relativa do ar do Brasil nesse sábado (10) e as condições de tempo seco devem se manter pelos próximos dias, o que levou a Defesa Civil a emitir alerta.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o menor índice foi de 14%, registrado em Corumbá.

Além disso, entre as 20 cidades mais secas do Brasil, oito são de Mato Grosso do Sul, incluindo a Capital.

Entraram no ranking Corumbá, Três Lagoas (15%), Água Clara (15%), Costa Rica (17%), Jardim (17%), Campo Grande (18%), Cassilândia (19%), Coxim (19%).

Nessas condições, em que o índice de umidade relativa do ar fica abaixo de 20%, é considerado estado de alerta pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O tempo extremamente seco pode causar problemas de saúde, especialmente respiratórios.

Além da baixa umidade relativa do ar, Corumbá também ficou entre os municípios mais quentes, com 35°C.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima de 30%, abaixo disso pode causar: complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas,  sangramento pelo nariz,  ressecamento da pele,  irritação nos olhos,  eletricidade estática nas pessoas e equipamentos eletrônicos,  aumento potencial de incêndios em pastagens e florestas. 

Além da Defesa Civil, o Inmet também emitiu alerta classificado como grau de severidade de perigo devido à baixa umidade.

Conforme os avisos, os índices de umidade devem variar entre 12% e 20% em todos os municípios do Estado.

Órgãos orientam que a população beba bastante líquido, evite exposição ao sol, use hidratante para pele e umidifique ambientes através de vaporizantes, toalhas molhadas e recipientes com água.

Também é recomendado evitar desgaste físico nas horas mais secas, especialmente no período da tarde, usar soro fisiológico nos olhos e narinas e evitar aglomerações em ambientes fechados. 

De acordo com o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec) uma grande massa de ar quente atua sobre o Estado, deixando o tempo seco e impedindo a formação de nuvens de chuva.

Conforme o meteorologista Natálio Abrahão, o Estado não registra significativas há cerca de um mês.

Dados do Monitor de Secas da Agência Nacional das Águas e Saneamento Básico (ANA) apontam que Mato Grosso do Sul é o terceiro estado do País com maior número de áreas com seca.

O Estado também figura em terceiro no ranking de maior severidade da seca no País. (Com informações Jornal Correio do Estado).

Fonte: Jornal Correio do Estado

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 12/10/2021 03h11min
Motorista é multado em 33 mil por transporte ilegal de carvão
Geral - 12/10/2021 02h11min
Após pouso de emergência em fios elétricos, paraquedista volta à competição
Geral - 12/10/2021 02h11min
Após pouso de emergência em fios elétricos, paraquedista volta à competição
Geral - 12/10/2021 00h41min
São Paulo fica no zero com o Cuiabá e chega ao quinto empate seguido
Geral - 12/10/2021 00h41min
São Paulo fica no zero com o Cuiabá e chega ao quinto empate seguido
Geral - 11/10/2021 18h27min
Força Tática prende homem que ameaçou de morte a esposa com uma faca
Geral - 11/10/2021 17h32min
Operação prende seis brasileiros suspeitos de chacina no fim de semana
Geral - 11/10/2021 17h28min
Homem tem carro roubado após parar à beira da estrada para fazer xixi em MS