21/07/2022 12h48min - Geral
3 semanas atrás

Empregando 95 mil pessoas em MS, indústria cresce 3,18% em um ano


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Campo Grande NEWS


O setor industrial de Mato Grosso do Sul cresceu 3,18% de 2019 para 2020, conforme a Pesquisa Industrial Anual, divulgada nesta quinta-feira (21) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Segundo o estudo, a atividade foi responsável por empregar cerca de 95,3 mil pessoas no último ano analisado. Desde 2011, o setor ganhou 15,8 mil postos de emprego - ou seja, aumento de 19,9%. Neste período, o Estado aumentou participação, com ênfase na expansão da produção de celulose e de biocombustíveis, que juntas quase triplicaram suas participações no Estado, vindo de 22,3% em 2011, para 50,0% em 2020. As três principais atividades do Mato Grosso do Sul são a fabricação de celulose, papel e produtos de papel (31,0%), produtos alimentícios (28,5%) e produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis (19,0%). Somente essas três atividades econômicas, concentraram cerca de 78,5% do montante estadual, "revelando forte concentração produtiva e, consequentemente, dependência desses mercados", conforme o IBGE. VTI -  O Estado teve maior aumento na participação do VTI (valor de transformação industrial) em todo Centro-Oeste, mas está atrás de Goiás (46,5%) e Mato Grosso (25,2%) no acumulado da produção (25,1%). Na prática, este valor subiu de R$ 20,65 bilhões para R$ 23,83 bilhões. Em 2020, havia 1.713 empresas industriais ativas em território sul-mato-grossense, com cinco ou mais pessoas ocupadas, 88 a mais que 2019. O maior número de empresas está ligado à fabricação de produtos alimentícios (426 empresas), seguido por produtos não minerais não-metálicos (204) e produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (186). Vale ressaltar que as indústrias de transformação representaram 97,3% do total de pessoas ocupadas na indústria, neste período. Dentre elas, destacam-se os relacionados a produtos alimentícios (45,4%), derivados do petróleo e de biocombustíveis (14,9%) e celulose, papel e produtos de papel (7,2%). Vendas -  Em 2020, o estudo mostrou que, no Estado, empresas ativas geraram receita líquida de vendas de atividades industriais de aproximadamente R$ 59,2 bilhões. Dentre estas, a indústria de transformação gerou R$ 57,8 bilhões. Destacam-se indústrias de fabricação de produtos alimentícios, que geraram receita de R$ 26,2 bilhões, seguidas pela celulose, papel e produtos de papel, com R$ 11,1 bilhões e pela de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis, com R$ 7,2 bilhões.

•  campo grande news •  navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 10/08/2022 12h13min
Homem confessa ter matado idoso após briga por volume de som
Geral - 10/08/2022 12h00min
MS gasta 40% da receita com 52 mil servidores: Saiba opinião de candidatos
Geral - 10/08/2022 11h53min
Vendas no comércio varejista de MS recuam 0,8%
Geral - 10/08/2022 11h44min
Na fronteira, dono de carro atingido com 28 tiros faz apelo: "Não sou talarico"
Geral - 10/08/2022 11h43min
Revogado decreto que regulamenta profissão de corretor de imóveis
Geral - 10/08/2022 11h40min
Dez caixas de medicamentos utilizados em exame de imagem são apreendidas
Geral - 10/08/2022 11h37min
Julho registra temperatura média mais alta da história 
Geral - 10/08/2022 11h33min
Recebi “chuva de carinho”, diz Bruno Moser ao ser policial em Pantanal