29/05/2021 09h10min - Geral
3 semanas atrás

Ex-jogador vence a depressão e se torna médico, lutando contra a Covid


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


Edmar Figueira deixou o futebol e ingressou no caminho da medicina. (Foto: Mais Futebol)

RAZÕES PARA ACREDITAR

Ex-jogador do Feirense, Edmar Figueira, 37 anos, venceu uma depressão e atua na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Atualmente, mora em Naviraí, Mato Grosso do Sul, e se dividi entre o Brasil e o Paraguai nos atendimentos e estudos.

Aos 13 anos de idade, Edmar perdeu o pai, aos 15 saiu de casa e aos 18 começou a jogar futebol pelo Grasshoppers, da Suíça. Durante a carreia, conheceu mais de 40 países como Armênia, Costa Rica, Índia, Roménia, Suíça, Alemanha e Síria.

Aos 27, chegava ao Pune City, da Índia, com três troféus individuais. Em pouco tempo, se tornou o ídolo do clube, recebendo os títulos de melhor jogador do campeonato, melhor artilheiro com 15 gols e jogador do ano pelo clube.

 

O FIM DO FUTEBOL

No verão de 2011, foi contratado pelo Feirense, clube de Portugal (da cidade de Santa Maria da Feira), como “reforço de luxo”. Dispensou diversas outras opções para se dedicar ao clube e, em menos de um mês, foi dispensado.

“Eu estava na Tailândia para assinar por um clube quando comecei a receber telefonemas do Feirense. Foi irrecusável. Era uma proposta para jogar na 1ª divisão de um país europeu e ganhar dez mil euros por mês”, conta Edmar.

Depois, passou por times da Alemanha e da Síria, até que deixou o país por conta da guerra. Em 2015, parou de jogar  futebol quando teve uma lesão crônica, que ocasionou uma forte depressão. “Senti um vazio enorme”, explica Edmar.

“Quando tudo acabou, cheguei em casa e me perguntei: ‘e agora?’. Foi nessa altura que soube da abertura de um curso de Medicina a 100 km de casa, numa cidade paraguaia  chamada Salto del Guairá. Entrei de primeira”, conta o ex-jogador.    

 

FIM DE UM CAPÍTULO, INÍCIO DE OUTRO

Com a Medicina, Edmar deu adeus ao futebol e também ao seu casamento. Durante a semana, vai para o Paraguai completar a formação como médico e ajudar a população com entrega de alimentos, roupas e brinquedos.

Nos finais de semana, Edmar volta ao Brasil para ficar com a mãe e a filha. Além disso, aproveita para assistir suas aulas on-line na Universidade de Harvard. “Tenho feito várias especializações pelo site de Harvard, que se chama Edx”, explica.

O ex-jogador também tem um projeto especial para sua cidade natal, Naviraí, na luta contra o coronavírus. Ele deseja propor a entrada de 30 estudantes de Medicina na Santa Casa local, para que possam ajudar na pandemia.

Fonte: Sul News

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 19/06/2021 11h10min
Prazo para pagar licenciamento de placas final 3 e 4 termina neste mês
Geral - 19/06/2021 10h50min
Em Mato Grosso do Sul está valendo a proibição do plantio da soja
Geral - 19/06/2021 10h40min
Paulo Correa pede prioridade na vacina para imprensa e comerciários
Geral - 19/06/2021 07h30min
Bolsonaro volta ao Estado para inaugura radar de vigilância
Geral - 19/06/2021 06h31min
PRF apreende 378 quilos de maconha
Geral - 19/06/2021 04h28min
indivíduo é flagrado com maconha, balança e R$ 1 mil em residência
Geral - 19/06/2021 04h26min
Homem é preso no Monte Castelo 16 anos depois de matar mãe e filha gestante
Geral - 19/06/2021 04h16min
Mulher é presa suspeita de estelionato por fraude em medidor de água