15/05/2021 08h40min - Geral
1 mês atrás

Fernando Rufino, de Itaquiraí, é campeão na Copa do Mundo


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


Fernando Rufino, atleta de Itaquiraí representando o Brasil. (Foto: Divulgação)

O sábado (15) começou com notícias boas na etapa de Szeged, na Hungria, da Copa do Mundo de canoagem e paracanoagem velocidade. Isaquias Queiroz fez uma prova de recuperação e conquistou a medalha de prata no C1 1000m, enquanto Luís Carlos Cardoso faturou o bronze KL1, dois anos depois de ser campeão mundial. E para fechar com chave de ouro, Mari Santilli garantiu mais uma vaga para o Brasil nos Jogos Paraolímpicos de Tóquio-2020.

Assim, o Brasil já soma quatro medalhas, com o ouro de Fernando Rufino e a prata de Debora Benevides na sexta-feira (14). Confira os detalhes abaixo.

O Brasil conquistou sua primeira medalha na etapa de Szeged, na Hungria, da Copa do Mundo de canoagem velocidade e paracanoagem. Na madrugada desta sexta-feira (14), Fernando Rufino confirmou o favoritismo e foi o grande campeão da prova VL2 masculino. Além disso, Debora Benevides conquistou a medalha de prata e Isaquias Queiroz avançou para a final no C1 1000m. No entanto, Erlon de Souza sentiu o quadril, parou na semifinal da mesma prova e não vai mais competir na Copa do Mundo para se prevenir para Tóquio.

Logo na primeira prova do dia, Fernando Rufino brilhou. Ele já havia liderado o VL-2 masculino no dia anterior, se classificando direto par a Final A, e repetiu o resultado. O brasileiro terminou a prova com o tempo de 54.28, 1.98 a menos que o segundo colocado, o português Norberto Mourão.

Vale lembrar ainda que Fernando Rufino já está classificado para os Jogos Paraolímpicos de Tóquio-2020 e ainda disputa mais uma final nesta etapa de Copa do Mundo de paracanoagem. Ele vai brigar pela medalha no KL2 masculino, neste sábado (15), às 11h20 (de Brasília).

O segundo melhor resultado brasileiro na paracanoagem, depois de Fernando Rufino, foi o de Debora Benevides, que estreou nesta sexta-feira, na competição e terminou como vice-campeã do VL2 feminino, com o tempo de 54.28, 2.47 a mais que a campeã russa, Mariia Nikiforova.

E por fim, Giovane Vieira de Paula fechou a participação do Brasil neste segundo dia da Copa do Mundo de paracanoagem, mas ficou apenas na quinta colocação na final do VL3 masculino.

 

IZAQUIAS QUEIRÓZ NA FINAL

Na estreia dos brasileiros na Copa do Mundo de canoagem velocidade, Isaquias Queiroz confirmou o favoritismo e garantiu vaga na grande final do C1 masculino 1000m. Na classificatória, ele não decepcionou, levando a melhor na sua bateria, com a marca de 4:02.35.

Posteriormente, na semifinal, o dono de três medalhas olímpicas fez uma prova disputada com o tcheco Martin Fuksa, venceu por 0.18 de diferença para o adversário e garantiu vaga na final A. A decisão acontece neste sábado (15), às 07h10 (de Brasília).

Erlon de Souza não fez uma boa semifinal e acabou se classificando apenas para a final B, depois de terminar na quinta colocação. Na classificatória, ele havia vencido sua bateria, com tempo final de 4:08:37. A final B também acontece no sábado, mas às 06h05 (de Brasília), mas ele não vai disputar a prova, se poupando após sentir o quadril.

No C2 500m, a nova geração do Brasil brilhou. Jacky Godmann e Filipe Vieira terminaram a classificatória na terceira posição da bateria, com tempo de 1:41:66. Assim, eles avançaram à semifinal da prova, que acontece neste sábado (15), às 4h51 (de Brasília).

Na última prova do dia, o C2 1000m, Isaquias Queiroz e Jacky Godmann enfrentaram uma bateria difícil, chegaram a liderar, mas terminaram na terceira colocação. Com isso, eles disputam a semifinal, nesta sábado (15), às 10h44 (de Brasília).

 

COTAS OLÍMPICAS EM JOGO

A paracanoagem brasileira já tem vaga garantida no VL2 Masculino e Feminino, VL3 Masculino e KL2 Masculino. Agora está atrás de mais três cotas: KL3 Feminino e Masculino e o KL1 Feminino. Asseguram as vagas os quatro primeiros de cada final, que ainda não estejam classificados para os Jogos Olímpicos.

Neste sábado (15), às 05h15 (de Brasília), Mari Santilli disputa a final do KL3 feminino em busca de uma vaga olímpica. Mais tarde, será a vez de Adriana Gomes de Azevedo competir a decisão do KL1 feminino, também buscando a vaga em Tóquio-2020, às 11h15 (de Brasília). E por fim, no KL3 masculino, Giovane Vieira disputará apenas a final B. (Com informações Sul News).

Fonte: Sul News

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 22/06/2021 15h23min
Prefeitura assegura eficácia de todas as marcas de vacinas contra Covid-19
Geral - 22/06/2021 15h18min
Cocaína que saiu de Campo Grande no assoalho de carro é apreendida em SC
Geral - 22/06/2021 14h39min
Naviraí-Acidente envolvendo duas motos deixa uma vitima fatal
Geral - 22/06/2021 14h26min
Batida de duas motos causa morte nas proximidades do Senai
Geral - 22/06/2021 14h26min
acidente fatal NAV
Geral - 22/06/2021 14h14min
Problema mundial afeta estoque de medicamentos em MS, alerta secretário
Geral - 22/06/2021 14h05min
Nova Andradina registra 85 mortes por coronavírus
Geral - 22/06/2021 13h33min
Prefeitura antecipa a primeira parcela do 13º salário dos servidores