01/12/2021 00h59min - Geral
2 meses atrás

Forca Nacional começa esta semana a atuar em Icaraíma, Alto-Paraiso, Guaira e Foz


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao estado do Paraná e aos órgãos de segurança pública, prioritariamente nos municípios de Guaíra, Alto Paraíso, Foz do Iguaçu e Icaraíma município vizinho na divisa com Mato Grosso do Sul.

De acordo com portaria publicada  na segunda-feira no Diário Oficial da União, a medida tem “caráter episódico e planejado”, em atividades “imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio”.

O período de emprego da Força Nacional é de 1º de dezembro de 2021 a 5 de março de 2022 e poderá ser prorrogado em caso de necessidade.

Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o efetivo da Força Nacional atuará em apoio ao policiamento ostensivo na região de fronteiras, "com abordagem de veículos e pessoas que diariamente transitam na região, principalmente vindo de outras localidades". O ministério acrescentou que o efetivo da Força Nacional se desloca, via terrestre, com previsão de chegada nesta quarta-feira1° de dezembro.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 25/01/2022 12h07min
Palmeiras vence Santos por 4 x 0 e conquista Copa São Paulo pela primeira
Geral - 25/01/2022 11h08min
Ladrões arrombam blindex e furtam YBR de auto peças
Geral - 25/01/2022 10h45min
Jovem perde 500 reais em mais um golpe nas redes sociais
Geral - 25/01/2022 10h00min
Investimento do Governo de MS em reformas de escolas somam quase R$ 10 milhões
Geral - 25/01/2022 09h41min
Vigilância Sanitária intensifica a fiscalização
Geral - 25/01/2022 09h33min
Rhaiza Matos e Rafael Volpato participaram do SEBRAE 50 + 50
Geral - 25/01/2022 08h45min
Terça-feira será de pancadas de chuva e calorão de até 40ºC
Geral - 25/01/2022 08h26min
Brasileiro é executado na fronteira com 21 tiros e corpo desovado em vala