06/08/2022 09h59min - Geral
2 semanas atrás

Há 6 anos, festa no Lageado também foi interrompida por execução a tiros


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Campo Grande NEWS


Na mesma rua onde Wanderson da Silva Padilha, 31 anos, foi morto neste sábado (6), há seis anos Eduardo Cavalcante Ribeiro de 24 anos, também era executado a tiros. Ambos os rapazes foram assassinatos durante festas realizadas pelos moradores do bairro, uma em agosto e a outra em julho, com o tema caipira. O assassinato de Eduardo aconteceu na madrugada do dia 9 de julho de 2016, na época o jovem estava participando da festa julina na Rua Manoel Macedo Falcão, Bairro Parque do Lageado. Ele foi atingido nas costas e tentou fugir, mas acabou esbarrando em um pedaço de madeira e caiu. No momento da queda, o autor dos disparos se aproximou de Eduardo e atirou várias vezes contra a cabeça do rapaz, fugindo em seguida. Eduardo morreu no local e uma mulher de 27 anos, identificada como Caroline Goes da Silva, também foi ferida, mas não teve  o estado de saúde divulgado. Na época, os vizinhos chegaram a dizer que o assassino do Eduardo era morador conhecido no bairro e que o crime seria para vingar a morte de um outro homem que aconteceu uma semana antes na Vila Popular.  O autor do crime, Robson Genove Baldonado, acabou sendo preso no dia 28 de julho do mesmo ano.  Ele foi encontrado na casa da namorada na Vila São Jorge da Lagoa e confessou à polícia ter matado Eduardo, mas não disse o porque da execução.  A arma do crime, um revólver calibre 38, foi encontrado na casa da mãe de Robson, no bairro Dom Antonio. Ela estava escondida numa folhagem de bananeira.  O rapaz tinha passagens pela polícia por outros crimes, inclusive, era Evadido do presídio da Gameleira, por tráfico de drogas. Outra morte - O local foi palco da morte de Wanderson, executado com ao menos 9 tiros na madrugada deste sábado. A cena foi quase que repetida, já que a vítima participava da festa, agora realizada em agosto, quando o atirador já chegou efetuando os disparos.  Wanderson chegou a correr, mas foi seguido pelo atirador e ao cair no quintal de uma casa vizinha, acabou sendo atingido por mais cinco disparos e morreu ainda no local. Uma adolescente de 14 anos também ficou ferida e foi socorrida para a Santa Casa. No local, vizinhos relataram ao Campo Grande News, que a festa era tradicional na rua e era realizada desde 2015, no entanto desde 2018 estava interrompida.

•  campo grande news •  navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 17/08/2022 20h27min
Camex torna definitivo corte de 10% de tarifa comum do Mercosul
Geral - 17/08/2022 19h49min
Saúde: 10 estados e DF recebem novas ambulâncias do Samu
Geral - 17/08/2022 19h49min
Rio terá queda brusca de temperatura com chegada de frente fria
Geral - 17/08/2022 19h37min
Dólar sobe para R$ 5,16 após ata do Banco Central americano
Geral - 17/08/2022 19h30min
África do Sul suspende antidumping contra frango congelado brasileiro
Geral - 17/08/2022 19h18min
Desfile de 7 de Setembro foi cancelado no Rio de Janeiro, diz prefeito
Geral - 17/08/2022 19h16min
Ocorrências diminuem, mas 7 bairros ainda enfrentam problemas de energia
Geral - 17/08/2022 19h03min
Dólar sobe para R$ 5,16 após ata do Banco Central americano