06/04/2021 16h21min - Geral
2 semanas atrás

IBGE adia o concurso e está longe a previsão de data para a prova


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: SulNews


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) cancelou a aplicação das provas presenciais objetivas do concurso para as vagas temporárias para recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor. Eram 2.502 vagas nas 79 cidades de Mato Grosso do Sul com salários de até R$ 2,1 mil. O cancelamento das provas ocorreu após o corte no orçamento do Censo Demográfico. Segundo a nota divulgada pelo IBGE nesta terça-feira (6), um novo planejamento para as provas do concurso seria avaliado pelo órgão, dependendo do posicionamento do Ministério da Economia sobre o orçamento para o censo. "Conforme divulgado no dia 26 de março, a votação do Orçamento no Congresso Nacional para o exercício 2021 reduziu em cerca de 96% o total de recursos destinados à realização do Censo Demográfico. Diante desse cenário, o IBGE comunica que as provas objetivas referentes aos PSS (Processos Seletivos Simplificados) para os cargos de ACM (Agente Censitário Municipal) e ACS (Agente Censitário Supervisor) e Recenseador, não serão realizadas nas datas previstas de 18/04/2021 e 25/04/2021, respectivamente”, explicou o órgão. Cargos e salários Para MS, o concurso do IBGE oferecia 2.502 vagas nas 79 cidades do Estado e 313 oportunidades para agentes censitários. Para os cargos de agentes censitários, que são espécie de coordenadores do processo do Censo, o salário oferecido era de R$ 1,7 mil + benefícios para o agente supervisor e de R$ 2,1 mil + benefícios para agente municipal – que irá coordenar as pesquisas nos municípios. Nesses casos, a jornada será de 40 h semanais. O edital previa que os cargos de agente censitário (ACM e ACS) teriam direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio-pré-escola, férias e 13º salário proporcionais. Já, para o cargo de recenseador, o pagamento seria por produtividade. No hotsite do Censo 2021 haverá um simulador em que os candidatos poderão estimar a remuneração a ser obtida, com base nos valores pagos por setor censitário nas diferentes localidades do país. A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais. Uma nova data O IBGE informou, ainda, que avaliará com o Cebraspe um novo planejamento para aplicação das provas, a depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico.

•  sulnews •   noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 19/04/2021 06h00min
Dupla é presa em caminhonete com 70 quilos de cocaína
Geral - 19/04/2021 02h26min
Ponto de internet é instalado em assentamentos
Geral - 19/04/2021 00h45min
Criança morre na Santa Casa após ser atingida por carro
Geral - 19/04/2021 00h08min
Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro
Geral - 19/04/2021 00h08min
Toque de recolher começa mais cedo em 49 municípios de MS
Geral - 19/04/2021 00h07min
Pescador é autuado em R$ 1 mil e tem barco apreendido
Geral - 19/04/2021 00h03min
Preso é encontrado morto dentro de cela na fronteira com o Paraguai
Geral - 18/04/2021 18h35min
Demanda por leitos de UTI para Covid permanece alta em MS