10/07/2021 09h15min - Geral
4 meses atrás

Internações se reduzem pela metade no intervalo de um mês em MS


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


Autoridades em saúde alertam para que cuidados com higiene permaneçam rigorosos. (Foto: - Divulgação)

Hospitalizações tiveram redução de 50% em um mês em Mato Grosso do Sul, de acordo com o secretário de Estado de Saúde (SES). O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (9) por meio de live.

De acordo com boletim epidemiológico, são 654 pessoas hospitalizadas nesta sexta-feira, sendo 296 em leitos clínicos (206 público; 90 privado) e 358 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (284 público; 74 privado).

Em 9 de junho, eram 1.287 pessoas hospitalizadas, sendo 743 em leitos clínicos (543 público; 200 privado) e 544 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (419 público; 125 privado), segundo boletim epidemiológico.

Nesta sexta, a ocupação global de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) na macrorregião de Campo Grande está em 81%, Dourados em 65%, Três Lagoas 69% e Corumbá 56%.

Em 9 de junho, a ocupação global de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) na macrorregião de Campo Grande está em 108%, Dourados em 96%, Três Lagoas 95% e Corumbá 93%.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, celebra a curva decrescente da doença em Mato Grosso do Sul.

“Hoje temos muitos dados positivos, o quadro da doença já se mostra outro. Estamos com a metade de pessoas internadas com apenas 30 dias de intervalo”, disse.

“Número de internações hospitalares decresceu, óbitos também está mostrando uma curva descendente, a taxa de contágio nos decrescemos para 0,96”, acrescentou.

Existem 33 doentes à espera de um leito nesta sexta-feira em Mato Grosso do Sul. Na Central de Regulação da Capital, 29 enfermos aguardam por uma vaga, sendo 26 apenas de Campo Grande.

Já na Central de Regulação de Dourados, uma pessoa está na fila esperando por um leito em hospital. Na Central de Regulação do Estado (CORE) aguardam 3 pacientes.

 

CASOS

O Estado contabiliza 8.479 óbitos e 341.841 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo 836 confirmações e 17 mortes de ontem (8) para hoje (9).

A média móvel de casos é de 691,1 e a de mortes 30,1. A taxa de letalidade está em 2,5 e a de contágio em 0,96.

Em um dia, Campo Grande registra 218 novos casos; Dourados 93; Três Lagoas 58; Chapadão do Sul 36; Corumbá 34; Ivinhema 28; Sonora 26; Costa Rica 21; Naviraí 20; Miranda 18; Brasilândia 16; entre outros municípios.

As cidades que apresentaram mortes nas últimas 24 horas são Campo Grande, Dourados, Água Clara, Corumbá, Guia Lopes da Laguna, Paranhos, Ponta Porã e Três Lagoas.

 

VACINÔMETRO

De acordo com dados do vacinômetro, plataforma disponibilizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), 1.930.708 doses foram aplicadas no Estado desde 18 de janeiro de 2021, início da campanha de imunização.

Com isso, 49,40% da população sul-mato-grossense está vacinada e 25,12% imunizada.

Mato Grosso do Sul é o estado que mais vacina no país com primeira e segunda dose, de acordo com dados do vacinômetro disponibilizado pelo Ministério da Saúde.

Em Campo Grande, já foram aplicadas 393.017 doses da primeira aplicação e 240.373 da segunda ou dose única da Janssen.

Com isso, 43,37% da população campo-grandense está vacinada e 23,6% imunizada.

Os dados são do vacinômetro disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SESAU). Confira aqui o calendário atualizado de imunização na Capital.

 

SINTOMAS DO CORONAVÍRUS

Os sintomas da Covid-19 podem variar de acordo com cada organismo, mas os mais recorrentes são: Febre; Tosse seca; Perda do olfato e/ou paladar; Falta de ar; Dificuldade para respirar e Dor ou pressão do peito.

 

ORIENTAÇÕES

A SES afirma que o isolamento social, o uso correto e contínuo de máscara e higienização das mãos são medidas imprescindíveis para conter a propagação do coronavírus.

Quem apresentar febre, tosse seca ou dor de garganta deve permanecer em isolamento por 14 dias e procurar uma unidade básica de saúde mais próxima.

As medidas de biossegurança devem ser seguidas mesmo após imunização com as duas doses da vacina. (Com informações Jornal Correio do Estado).

Fonte: Jornal Correio do Estado

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 25/10/2021 18h30min
Comando da PM promete investigar acidente envolvendo viatura e moto
Geral - 25/10/2021 17h34min
GM prende quatro condutores alcoolizados no final de semana
Geral - 25/10/2021 17h30min
Viatura da Polícia Militar cruza sinal vermelho e atropela motoentregador
Geral - 25/10/2021 16h31min
À espera de campeã olímpica, MS recebe o Campeonato Brasileiro
Geral - 25/10/2021 16h25min
Atropelada por Uno, idosa sofre traumatismo craniano em Dourados
Geral - 25/10/2021 16h03min
Prefeito é acusado de agredir mulher em campeonato de truco
Geral - 25/10/2021 15h35min
PM prende jovem por furto, tráfico de drogas e porte de arma
Geral - 25/10/2021 15h35min
Dourados criará o PSDB Mulher para fortalecer Riedel e o partido