08/07/2022 08h10min - Geral
1 mês atrás

Irmãos de pistoleiro preso por assassinato de policial são executados na fronteira de MS


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Dois homens apontados como membros de uma família de pistoleiros que atuavam na fronteira foram executados na tarde de ontem, quinta-feira (7). Os corpos de Priscilo Villa Alta López, de 31 anos e Nilson Villa Alta López, de 29, foram encontrados em uma área rural de Zanja Pytã, cidade que fica nas proximidades de Ponta Porã.

As vítimas, segundo informações da Polícia Nacional, apresentavam sinais de violência. Nascidos em Capitán Bado, os dois tem histórico de passagens pela polícia e também eram irmãos de Carlos Villa Alta López, 24 anos e Ronaldo Villa Alta López, de 20 anos. Os dois estão detidos nas prisões Pedro Juan Caballero e San Pedro de Ycuamandyyú, respectivamente.

Os corpos estavam em uma área de plantações na fazenda Primavera, a 500 metros da linha internacional que divide o Paraguai do Brasil e a 40 quilômetros de Pedro Juan Caballero. Perto do local também foi encontrado um veículo incendiado que possivelmente teria sido usado pelos irmãos.

Família de pistoleiros

Carlos Villa Alta López foi preso em junho em um ônibus de viagem tentando fugir para Pedro Juan Caballero. Ele é acusado pelo assassinato do suboficial da Polícia Nacional Luis Alcibiades Peralta Dávalos, de 36 anos, morto em frente ao departamento de Identificações do Capitán Bado, local onde trabalhava, na fronteira com Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul.

Segundo a Polícia Nacional, Ronaldo já tinha sido preso em preso em 26 de outubro de 2021 em Capitán Bado, oa assassinar um pastor evangélico em pleno culto, embora já tivesse mandado de prisão desde 30 de setembro do mesmo ano, quando também teria executado os políticos Felipe Godoy Amarilla, de 54 anos Bartolomé Morel Gauto, de 58, em um ataque em Nueva Germania, departamento de San Pedro.

Já Carlos Villa Alta López era apontado pelos agentes da Polícia Nacional como um dos mais perigosos pistoleiros  da fronteira, ele tinha mandados de prisão pendentes pela tentativa de assassinato do chefe e vice-chefe da delegacia de Capitán Bado, ocorrida em 12 de abril deste ano e também pelo assassinato de Raúl Fabián Rodas Cabañas, de 38 anos, em  29 de janeiro deste ano em Pedro Juan Caballero, além da morte de Luis Walberto Duarte Collar, de 31, em 21 de agosto de ano passado em Capitão Bado.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 15/08/2022 00h28min
Nova frente fria mais forte chega esta semana e promete mínima de 0ºC em MS
Geral - 14/08/2022 22h01min
Internacional atropela o Fluminense por 3 a 0 no Beira Rio
Geral - 14/08/2022 21h40min
São Paulo atropela Red Bull Bragantino por 3 a 0 neste domingo
Geral - 14/08/2022 21h21min
Rayssa Leal conquista etapa de Seatle da Liga Mundial de street
Geral - 14/08/2022 21h05min
Em casa, América-MG vence o Santos por 1 a 0 e respira na Série A
Geral - 14/08/2022 20h49min
Fortaleza vence Ceará por 1 a 0 e deixa zona de rebaixamento
Geral - 14/08/2022 20h29min
Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas
Geral - 14/08/2022 20h22min
Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas