22/10/2021 05h45min - Geral
2 meses atrás

Mato Grosso do Sul tem 121 crianças deixadas órfãs pela covid-19


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Ao menos 121 crianças sul-mato-grossenses de até seis anos de idade poderão receber pensão especial, no valor de um salário mínimo, caso o projeto de lei incluído no relatório final da CPI da Covid, entregue na quarta-feira (20), passe no Congresso Nacional. O benefício seria retroativo à data do óbito e pago, para o tutor legal, de acordo com o número de órfãos deixados, com limite de três salários mínimos.

Os números obtidos pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), entidade que representa os Cartórios de Registro Civil do Brasil e administra o Portal da Transparência (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), mostram que sete pais morreram antes do nascimento de seus filhos.

"Em parceria com a Receita Federal, os cartórios de Registro Civis do Mato Grosso do Sul conseguiram chegar ao número de órfãos, por meio da emissão do CPF na certidão de nascimento dos recém-nascidos", explica Marcus Roza, presidente da Arpen-MS. "Esses dados que levantamos ao longo da pandemia da Covid-19 têm auxiliado nas pesquisas sobre a dimensão do vírus no estado e no país inteiro", completa.

Levantamento de dados

Esses dados foram levantados com base no cruzamento entre os CPFs dos pais nos registros de nascimentos e de óbitos feitos nos 7.645 Cartórios de Registro Civil do País desde 2015, ano em que as unidades passaram a emitir o documento diretamente nas certidões de nascimento das crianças recém-nascidas em todo o território nacional.

Segundo os dados levantados pela Arpen-Brasil, 25,6% das crianças de até seis anos que perderam um dos pais na pandemia não tinham completado um ano. Já 18,2% tinham um ano de idade, 18,2% dois anos de idade, 14,5% três anos, 11,4% 4 anos, 7,8% 5 anos e 2,5% 6 anos. São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Ceará e Paraná foram os Estados que mais registraram óbitos de pais com filhos nesta idade.

Os dados de nascimentos, casamentos e óbitos estão disponíveis no Portal da Transparência do Registro Civil (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), base de dados abastecida em tempo real pelos atos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Arpen-Brasil, cruzados com os dados históricos do estudo Estatísticas do Registro Civil, promovido pelo IBGE, com base nos dados dos próprios cartórios brasileiros.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 04/12/2021 17h55min
Homem é enterrado vivo por ‘colegas’ de trabalho em cidade de MS
Geral - 04/12/2021 17h40min
Estagiário de banco é preso pela PF ao fazer saques e furtar auxílios emergenciais de clientes em MS
Geral - 04/12/2021 16h26min
Polícia prende 4 pessoas e recupera 350 quilos de carne
Geral - 04/12/2021 15h28min
Vídeo mostra jovem deitando em rua antes de acidente
Geral - 04/12/2021 15h23min
Mega-Sena deve pagar hoje prêmio de R$ 16 milhões
Geral - 04/12/2021 15h22min
Ex de Marília Mendonça é amparado no palco em primeiro show após morte da cantora
Geral - 04/12/2021 15h21min
Brasileiros devem redobrar cuidados no verão contra câncer de pele
Geral - 04/12/2021 11h08min
Naviraí adere ao Opera MS e Examina MS