09/06/2022 18h25min - Geral
4 semanas atrás

Mortes em lava jato na Av. Bandeiras pode ter sido por traição de funcionária


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Um crime passional, por vingança de traição, é possível motivo do duplo homicídio, incluindo de um inocente, ocorrido a cerca de 15 dias, em lava jato na Avenidas das Bandeiras, bairro Marcos Roberto/Jockey Club, região centro sul de Campo Grande. O alvo, Luiz Conceição Tierre, dono do lava jato na Avenida, pode ter sido morto pelo ou a mando de ex-marido de uma funcionária, que teria um ‘caso’. A polícia faz buscas pelo autor do crime, que teria sido identificado como Joe Magnum, e, apontado pelos fatos da traição conjugal. Contudo, ele continua foragido e é procurado pela polícia.

A vitima, que também era casado, atraiu a morte, sendo morto alvejado por tiros, mas que ainda, infelizmente, acabou matando um inocente, devido a ‘bala perdida’. O eletricista Adriano de Medeiros Pereira, foi atingido quando passava pelo local a caminho de seu trabalho, no inicio da manhã do último dia 27 de maio.

O crime passional é apontado segundo o delegado Rodolfo Daltro, da 5º Delegacia de Polícia Civil, que revelou os fatos nesta quinta-feira (9). “Tierre teria um relacionamento extraconjugal com a funcionária de seu lava jato, e o ex-marido da mulher teria descoberto assassinando a vítima com tiros em frente ao seu estabelecimento”, menciona o delegado, que ainda informa que foi expedido um mandado de prisão e a polícia faz buscas pelo acusado

Anteriormente, no inicio das investigações, foi apontado no dia do crime que, o assassinato teria ocorrido por causa de Tierre ter tido um desacerto comercial devido a fazer serviços de agiotagem.  A então esposa da vitima, disse no diam não saber se o marido estava recebendo ameaças de morte e também não soube falar de nenhuma inimizade dele.

Assassinato no lava jato

O crime foi ‘gravado’, por imagens de circuito de segurança, onde é possível ver quando o atirador chega pela rua lateral, na Rua Bom Sucesso, e faz os disparos contra Luiz, que está chegando no lava jato. A vítima corre para o meio da rua e é perseguida pelo criminoso, que atira outras vezes. Luiz foi executado na frente de pelo menos três funcionários.

O eletricista Adriano de Medeiros, que passava pelo local a caminho de seu trabalho, acabou atingido por um tiro embaixo da axila. Ele acabou perdendo o controle da motocicleta que pilotava, derrapando e caindo. 

O eletricista estava indo para a empresa onde trabalhava há um ano, quando foi atingido pelos disparos e morreu. Adriano, Morto por bala perdida durante execução na Capital, doou as córneas

Os corpos estavam a uma distância de 60 metros.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 04/07/2022 23h40min
Operação fecha "bocas de fumo" e leva 11 traficantes para a prisão
Geral - 04/07/2022 23h19min
Gerente de casa de prostituição é preso por exploração sexual infantil
Geral - 04/07/2022 22h58min
Mesmo sob pressão, câmara aprova Dia Municipal do Orgulho LGBTQIA+
Geral - 04/07/2022 22h37min
Interdições para requalificação da Rui Barbosa seguem nesta terça-feira
Geral - 04/07/2022 22h16min
Selecionados no cursinho pré-vestibular da UFMS devem se inscrever até quarta
Geral - 04/07/2022 21h34min
Covid-19: Brasil registra 122 mortes e 45,5 mil casos em 24 horas
Geral - 04/07/2022 21h13min
Com gol de Vinicius Lopes, Botafogo vence o Bragantino por 1 a 0
Geral - 04/07/2022 20h31min
Desafio premia startups com R$ 1 milhão para desenvolverem produtos renováveis