20/07/2022 10h35min - Geral
4 semanas atrás

MS libera quarta dose contra covid-19 para pessoas acima dos 35


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Campo Grande NEWS


A partir de amanhã (21), Mato Grosso do Sul começa a vacinar pessoas com 35 anos ou mais com a 4ª dose do imunizante contra a Covid. A decisão foi anunciada na manhã de hoje, após reunião do comitê gestor do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia), tendo em vista a queda na procura do complemento vacinal em todo o Estado.  “Tivemos 18 óbitos na última semana e então tomamos a decisão de baixar de 40 para 35 anos o público para o público tomar o reforço da quarta dose.  A medida é justamente para ampliar essa etapa vacinal e pedir para aqueles que não tomaram o reforço, que busquem fazer seu complemento vacinal”, explicou o governado Reinaldo Azambuja (PSDB). A quarta dose de reforço só poderá ser administrada na população após 4 meses da aplicação da terceira dose de reforço. Aproximadamente 80 mil pessoas no Estado fazem parte desse público. Além da vacinação contra a covid-19, o governador destacou a falta de interesse da população na multivacinação que engloba imunizantes contra a Influenza, Sarampo, Tríplice viral, Hepatite A e B, Meningite, HPV, Febre Amarela, entre outras. “Estamos com metas muito aquém das estabelecidas pelo Ministério da Saúde, as pessoas não estão procurando as salas de vacinação e as vacinas estão nos estoques”, ressaltou Azambuja. O Ministério da Saúde estabelece metas 95% no caso da multivacinação, porém Mato Grosso do Sul vacinou apenas 48.95% do público-alvo. No caso do no Sarampo foram vacinadas apenas 46% da meta. No caso da Influenza, que ocasionou inúmeras mortes no começo do ano, apenas 61% das pessoas se vacinaram no Estado, sendo que a meta é 90%. Aporte financeiro - Para reforçar a multivacinação e covid em Mato Grosso do Sul, o governo anunciou que fará um repasse de R$ 2,5 milhões para ser divididos igualmente entre as 508 salas de vacina espalhadas pelos 79 municípios do Estado. O incentivo financeiro estadual de custeio, oriundos do tesouro estadual, será em caráter provisório, deverá ser empregado exclusivamente para pagamento de incentivo financeiro aos trabalhadores de saúde das secretarias municipais de saúde, designados para atuarem nas salas de imunização, a fim de custear plantões e horas extras, pagamentos de diárias e ampliação do horário de atendimento e outras estratégias que contribuam para a melhoria das coberturas vacinais. “Com esse incentivo, acreditamos que os percentuais de vacinação voltem a subir. Decidimos não colocar uma meta, cada município será responsável por montar sua estratégia e comunicar a secretaria de saúde. Eles vão receber os valores e nós vamos cobrar o resultado das propostas que eles mesmo fizeram”, explicou o secretário estadual de Saúde Flávio Britto. O montante será repassado em duas parcelas. metade do dinheiro será depositado em julho e a outra em setembro. A cidade que mais receberá o benefício será Campo Grande. Com 84 salas de vacinação, os servidores que realizam o trabalho serão beneficiados com um extra de R$ 420.000,00. Dourados com 42 salas terá um plus no orçamento de R$ 210.000,00. E Corumbá e Três Lagoas terão o repasse extra R$ 57.000,00.

•  campo grande news •  navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 15/08/2022 00h28min
Nova frente fria mais forte chega esta semana e promete mínima de 0ºC em MS
Geral - 14/08/2022 22h01min
Internacional atropela o Fluminense por 3 a 0 no Beira Rio
Geral - 14/08/2022 21h40min
São Paulo atropela Red Bull Bragantino por 3 a 0 neste domingo
Geral - 14/08/2022 21h21min
Rayssa Leal conquista etapa de Seatle da Liga Mundial de street
Geral - 14/08/2022 21h05min
Em casa, América-MG vence o Santos por 1 a 0 e respira na Série A
Geral - 14/08/2022 20h49min
Fortaleza vence Ceará por 1 a 0 e deixa zona de rebaixamento
Geral - 14/08/2022 20h29min
Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas
Geral - 14/08/2022 20h22min
Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas