21/11/2021 18h11min - Geral
2 semanas atrás

Namorado vai a motel pagar empréstimo e terminar, mas apanha de mulher em Campo Grande


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Homem, de 35 anos, apanhou da ex-companheira ao combinar de terminar relacionamento e pagar empréstimo, em um motel localizado na Avenida Bandeirantes, em Campo Grande, na manhã deste domingo (21).

Segundo informações do boletim de ocorrência, o homem afirmou que eles tiveram um relacionamento durante nove meses. Contudo, nesse período, eles tiveram diversas discussões e há duas semanas pararam de se falar.

Há alguns meses o homem tinha pedido um valor emprestado para ela e estava encerrando os pagamentos. Na manhã deste domingo (21), eles combinaram de ir no motel para que acertassem o valor e finalizassem o relacionamento.

Ao chegarem no local, ela passou a agredir o homem com mordidas e arranhões. Ele fez o pagamento do valor e disse que queria terminar o relacionamento, mas ela não aceitou. Durante a agressão, ela teria feito um vídeo e postado no Facebook. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 04/12/2021 06h25min
Japorã adquire coleção de livros para alunos do Ensino Fundamental
Geral - 04/12/2021 05h05min
Capitão Contar afirma em entrevista que disputará o cargo em que melhor possa servir ao país em 2022
Geral - 04/12/2021 04h51min
Em 5 dias, polícia prendeu 59 em flagrante e apreendeu 700 kg de drogas
Geral - 04/12/2021 04h49min
Naviraí adere ao Opera MS e Examina MS para atender demandas da Saúde
Geral - 04/12/2021 03h37min
Enquanto podava galhos, árvore cai em cabeça de trabalhador rural que morre em MS
Geral - 04/12/2021 02h33min
Aeronave cai na região do chaco paraguaio e mata três norte-americanos
Geral - 03/12/2021 22h39min
Servente de pedreiro morre soterrado por laje na construção
Geral - 03/12/2021 18h04min
Vale-gás terá valor de R$ 52 e será pago a partir deste mês, diz governo