25/01/2021 13h33min - Geral
1 mês atrás

Nível do rio Aquidauana volta a baixar e chega a 7,04 metros


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: SulNews


HUMBERTO MARQUES / MIDIAMAX O rio Aquidauana atingiu 7,04 metros na manhã deste domingo, na região do município de mesmo nome, mantendo a tendência de queda no volume após se aproximar dos 8 metros na semana passada e desalojar famílias ribeirinhas. Na comparaçãpo com a medição de sábado, o recuo das águas é de quase um metro, mas a situação segue sendo monitorada. A baixa apontada neste domingo segue as expectativas da Defesa Civil de Aquidauana, que espera o retorno dos moradores às suas casas ainda nesta segunda-feira (25). Duas famílias foram levadas para o Salão Paroquial de uma igreja, enquanto a terceira está com parentes. O retorno, porém, depende da não ocorrência de novas chuvas, o que, segundo a previsão do tempo, pode ocorrer ao longo desta semana e não apenas sobre o rio Aquidauana. A cheia também é resultado do aumento dos níveis de afluentes nas regiões de Rochedo e Corguinho, por onde o rio Aquidauana passa. Famílias da região que precisarem de atendimento em eventos novos alagamentos devem contatar a Defesa Civil pelo 193. (Com O Pantaneiro)

•  sulnews •   noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 02/03/2021 09h24min
Auxílio Emergencial: primeira parcela de R$ 250 deve ser paga ainda em março
Geral - 02/03/2021 09h20min
Universidades federais têm até dezembro para adotar diploma digital
Geral - 02/03/2021 09h15min
Sanesul executará novo projeto de esgotamento sanitário em Iguatemi
Geral - 02/03/2021 09h10min
Gerência de Saúde higieniza calçadas no combate à Covid-19
Geral - 02/03/2021 09h01min
Itaquiraí-Rapaz que matou ex-marido da namorada com tiro na cabeça entrega arma do crime à polícia
Geral - 02/03/2021 08h45min
Foragido por aplicar "golpe do envelope vazio", estelionatário usava nome falso
Geral - 02/03/2021 07h35min
Árbitra Edina Alves será primeira mulher a apitar Derby paulistano
Geral - 02/03/2021 07h30min
Novos recursos permitem a retomada das obras do IFMS