19/04/2022 12h27min - Geral
1 mês atrás

No Dia do Índio, povos indígenas pedem inclusão e preservação de terras


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


Esqueça a simbologia criada em torno do “Dia do Índio“, quando, nas escolas o tema era tratado como uma data folclórica, com fantasias e rostos coloridos. A nomenclatura adotada para celebrar o 19 de abril é o “Dia de Luta e Resistência dos Povos Indígenas”, uma adaptação justa, que transcende o folclore e honra a luta dos moradores de 13% das terras brasileiras.

Yanomami, Guarani, Xavantes, Amanayé, Guató, Javaé. São 305 povos em todos os estados do Brasil –diversidade que gera 274 línguas, de acordo com dados do Censo Demográfico de 2010 feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), o mais recente estudo de dados destinado ao grupo.

Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), desde 1500 até a década de 1970 a população indígena brasileira encolheu acentuadamente e muitos povos foram extintos. “O desaparecimento dos povos indígenas passou a ser visto como uma contingência histórica, algo a ser lamentado, porém, inevitável”, informa a entidade.

No entanto, segundo a Funai, esse quadro começou a dar sinais de mudança nas últimas décadas do século passado. “A partir de 1991, o IBGE incluiu os indígenas no Censo Demográfico nacional. O contingente de brasileiros que se considerava indígena cresceu 150% na década de 1990”, acrescenta a fundação.

O último Censo revelou que, das 896 mil pessoas que se declaravam ou se consideravam indígenas, 572 mil (63,8%), viviam na área rural e 517 mil (57,5%) moravam em terras indígenas oficialmente reconhecidas.

Cerca de 13,8% de todas as terras do Brasil são reservadas aos povos originários. No país, há 725 terras indígenas, em diferentes etapas do processo de demarcação, segundo o Instituto Socioambiental (ISA).

Dessas terras, somente 487 foram homologadas desde 1988. O governo de Jair Bolsonaro (PL) é o primeiro, desde a redemocratização do Brasil, a não demarcar nenhuma terra indígena, diz o instituto.

Brasil tem 726 terras indígenas*:

122 em identificação: terras em estudo por grupo de trabalho nomeado pela Funai (inclui seis terras interditadas para grupos em isolamento voluntário); 43 identificadas: terras com relatório de estudo aprovado pela presidência da Funai; 74 declaradas: terras declaradas pelo Ministério da Justiça; 487 homologadas e reservadas: terras homologadas pela Presidência da República, adquiridas pela União ou doadas por terceiros.

*Informações do Instituto Socioambiental (ISA)

Distribuição por estados

Todos os estados brasileiros têm terras indígenas, embora a maior concentração esteja no Amazonas, com 164 áreas. Em seguida, o estado com mais terras indígenas é o Mato Grosso, com 79; seguido pelo Pará, com 64; e o Mato Grosso do Sul, com 56.

De acordo com o ISA, a jurisdição legal divide as áreas em Amazônia Legal (424 terras), Domínio Mata Atlântica (216 terras) e outros (85 terras).

“Não temos nada para comemorar nesse dia”

O cacique Almir Suruí, pai de Txai Suruí, jovem brasileira que discursou na COP 26, lamenta que o dia 19 de abril não traz nada a ser comemorado no país.

Para o cacique, a data que ressalta a importância dos povos indígenas é um dia de luta coletiva, resistência e de enfrentar desafios, como “o acesso às políticas públicas pelos povos indígenas”.

“Não temos nada a comemorar nesse dia, porque ainda continuamos cheios de problemas, como invasões das terras indígenas, ameaças de mineradoras, governo usando discurso de ódio contra a nossa riqueza, que é o meio ambiente, e os nossos direitos de povos indígenas no Brasil”, disse à CNN.

“Então, o Dia do Índio, para nós, não tem nada o que comemorar. A gente tem que lutar. É um dia de resistência em defesa do direito coletivo dos povos indígenas do Brasil”, incluiu Suruí.



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 22/05/2022 19h05min
A caminho de concurso, candidato é surpreendido por incêndio em carro
Geral - 22/05/2022 18h43min
Homem ateia fogo em barracos com mulher dentro e esfaqueia rapaz na BR-163
Geral - 22/05/2022 18h15min
PMA apreende dois veículos com cigarros, narguilé e cigarro eletrônicos
Geral - 22/05/2022 18h15min
Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 65 milhões
Geral - 22/05/2022 18h15min
Verstappen vence GP da Espanha superando problemas
Geral - 22/05/2022 17h42min
Cachorro cai em córrego na Ernesto Geisel e bombeiros são acionados
Geral - 22/05/2022 16h26min
Vídeo: PM flagra condutor de BMW realizando “cavalo-de-pau” na Afonso Pena
Geral - 22/05/2022 15h25min
Cortejo fúnebre de Acevedo percorrerá as cidades de Pedro Juan e Ponta Porã