02/09/2021 16h03min - Geral
3 meses atrás

Obra de indústria pode deixar legião de filhos da celulose, alerta sindicato


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: SulNews


ANAHY ZURUTUZA / CAMPO GRANDE NEWS A construção da indústria de celulose ,em Ribas do Rio Pardo - cidade a 103 km de Campo Grande -, pode deixar legião de filhos sem pai na cidade. O alerta, que pode parecer esdrúxulo, é do sindicalista José Lucas da Silva, presidente da Feintramag - MS/MT (Federação Interestadual dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso). A explicação é simples: homens chegam à cidade para trabalhar na obra, acabam se relacionando com as mulheres da comunidade, mas com o fim da construção, partem para outros estados e as abandonam com os filhos. A Suzano pretende contratar 10 mil trabalhadores para o canteiro de obras, conforme divulgado no lançamento oficial do projeto, em maio deste ano. Depois, a indústria empregará menos da metade – cerca de 3 mil –, quando entrar em operação. Para evitar problemas sociais, como a explosão na taxa de natalidade e gravidez na adolescência, “Estado, município e a Suzano precisam traçar estratégias”, afirma José Lucas. Pode parecer uma preocupação absurda, mas o sindicalista lembra que a cidade já passou por isso quando o gasoduto foi implantado em Mato Grosso do Sul. “Milhares de trabalhadores, muitos deles recebendo em dólares, se instalaram no município”. FILHOS DE ITAIPU Outras obras grandiosas foram capazes de fazer a população de cidades mais que dobrar. Conforme levantamento feito pelo site The Intercept, a construção da usina de Itaipu fez a população de Foz do Iguaçu explodir: subiu de 35 mil em 1975 para 140 mil habitantes em 1984, datas do início das obras e do início das operações da usina. “No mesmo período, cresceu também o nascimento de crianças sem o nome do pai no registro. Naquela década, o cartório de registro civil de Foz do Iguaçu anotou o nascimento de 4.280 crianças vivas e 134 natimortas sem paternidade definida – números pelo menos cinco vezes maior do que na década anterior às obras da usina hidrelétrica”, diz a matéria do jornal online. A EMPRESA O Campo Grande News questionou se a Suzano têm programas de contribuição para o controle da natalidade no município, e em retorno, foram listadas medidas já realizadas em sua primeira sede, Três Lagoas, e que serão repetidas em Ribas.

•  sulnews •   noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 05/12/2021 17h09min
Homem mata a mulher e o filho e tenta o suicídio
Geral - 05/12/2021 16h36min
Barbara Hellen conquista o ouro no karatê
Geral - 05/12/2021 16h31min
Gestante é presa em residência que funcionava como "boca de fumo"
Geral - 05/12/2021 15h34min
Homem é preso depois de bater na esposa com cabo de vassoura
Geral - 05/12/2021 14h34min
Durante revista em carreta, condutor confessa que levava 1 tonelada de maconha
Geral - 05/12/2021 14h30min
Em MS, 464 mil estão aptos a ingressar em programa que dá desconto na tarifa de energia
Geral - 05/12/2021 14h29min
Bêbado, motociclista em alta velocidade atropela 4 e mata jovem de 20 anos
Geral - 05/12/2021 09h23min
Atlético Caarapoense fica a um ponto do título de campeão