10/07/2021 00h35min - Geral
4 meses atrás

Paciente com câncer terminal morreu em acidente e irmã ficou em estado grave


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: TaNaMídia Naviraí


A paciente que era transportada em ambulância e morreu em acidente na BR-163 tinha câncer terminal. Lucia de Azevedo estava sendo transferida do Hospital Municipal Francisco Ortega, Nova Alvorada do Sul, para a Santa Casa de Campo Grande em estado grave, segundo a secretária de Saúde do município do interior, Patrícia Magalhães.

A colisão entre a viatura e uma carreta também matou o motorista do veículo, Juarez da Silva, segundo a secretária, profissional responsável, “parceiro de muitos anos”.

 

Motor de ambulância no meio da pista (Foto: Paulo Francis)

Outras três pessoas que estavam na ambulância ficaram feridas, Gilza Soares, irmã de Lucia, Gildevan, técnico de enfermagem e o médico, Ricardo Sampaio. A mulher ficou presa pelo cinto de segurança e precisou ser resgatada. Ela foi levada para a Santa Casa em estado grave.

Com o impacto, Gildevan, Ricardo e Lucia foram arremessados do veículo. O técnico em enfermagem ficou estado grave e foi socorrido em ambulância da CCR MSVia. Já o médico estava consciente e sofreu fratura na clavícula.

A paciente foi arremessada presa à maca e foi parar na margem da BR-163. Ela morreu no local do acidente. O corpo foi retirado às pressas da beira da rodovia para que não fosse carbonizado, já que após a batida, a carreta pegou fogo e as chamas, rapidamente, se espalharam pela vegetação do acostamento.

O acidente aconteceu a cerca de 33 km da Capital, pouco antes de chegar ao Distrito de Anhanduí, por volta das 15h. Segundo Osmar Pinz Nornberg, de 53 anos, motorista da carreta carregada com milho, o condutor da ambulância invadiu a pista onde ele transitava no sentido Capital/Anhanduí. O caminhoneiro, que sofreu apenas ferimentos leves, diz que a carga tinha como destino Umuarama (PR).

“Entrou na minha pista sozinho. Não podou [ultrapassou ninguém]. Não sei deu problema no volante, no pneu, se ele dormiu, mas ele cortou de vez”.

O motor da ambulância foi parar no meio da pista tamanha a violência da colisão. A carreta tombou às margens da rodovia e pegou fogo. Para conter o incêndio, bombeiros gastaram cerca de 40 mil litros de água.

As duas pistas da BR-163 tiveram de ficar bloqueadas para o socorro às vítimas, combate às chamas e levantamentos da perícia, provocando congestionamento. Até às 17h, o trânsito não havia sido liberado.

 

Carreta ficou completamente destruída pelo fogo (Foto: Paulo Francis) 



•  tanamidia navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 22/10/2021 01h17min
Polícia prende assaltante que esfaqueou dono de motel durante roubo
Geral - 22/10/2021 00h20min
Naviraiense contrata dez jogadores
Geral - 21/10/2021 18h21min
Operação conjunta apreende 500 kg de fios de cobre avaliados em R$ 100 mil
Geral - 21/10/2021 17h24min
Denúncia aponta que PMs falsificaram relatório para ficar com muamba apreendida em MS
Geral - 21/10/2021 17h24min
Suspeito de assassinar jovem por dívida de R$ 100 é preso em Corumbá
Geral - 21/10/2021 17h15min
Começa neste fim de semana o mata-mata da Liga Nacional
Geral - 21/10/2021 16h31min
Atlético Naviraí joga final nesta sexta-feira
Geral - 21/10/2021 16h22min
GM prende jovem com cocaína em Dourados