31/07/2022 08h16min - Geral
7 dias atrás

PIB de Campo Grande deve crescer 3% neste ano, estima prefeitura


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Campo Grande NEWS


O PIB (Produto Interno Bruto) de Campo Grande deve crescer 3% em termos reais, neste ano. A estimativa divulgada no fim de julho consta no Boletim Econômico de Campo Grande, divulgado pela Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio).  O aumento em relação aos 2,5% projetados no mês passado está alinhado com a melhora nas estimativas nacionais. No entanto, as incertezas geradas na economia, como pandemia, inflação, taxa Selic, podem impactar negativamente o desempenho do PIB para o segundo semestre. Para a prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, os resultados são reflexo dos projetos e investimentos feitos na Capital.  “Os números positivos são uma somatória de ações realizadas pelo poder executivo municipal, como as capacitações profissionais, melhorias na infraestrutura, e aceleração dos processos do Prodes”, afirma. Nos últimos 12 meses, as atividades comerciais e de serviços de Mato Grosso do Sul tem apresentado crescimento superior a 8%. Cabe ressaltar que a atividade econômica de Campo Grande é bastante impactada pelo Estado, já que o PIB de Campo Grande é responsável por quase 40% do montante estadual de comércio e serviços. Comércio Exterior - Ainda conforme dados do Boletim, nos últimos 12 meses, Campo Grande exportou e importou mais de US$ 1,168 bilhão de dólares. Os principais produtos exportados por Campo Grande no período foram carnes e miudezas comestíveis, resíduos e desperdícios das indústrias alimentares e preparações alimentícias diversas. Já em relação aos importados estão os adubos (fertilizantes), combustíveis minerais, óleos minerais e produtos da sua destilação; matérias betuminosas.  Os principais destinos das exportações em junho foram Chile, Japão e Tailândia. Os principais fornecedores da Capital foram Canadá (em decorrência do aumento das compras de fertilizantes), Estados Unidos e China. Segundo o superintendente de Fomento à Indústria, Comércio, Serviços e Comércio Exterior da Sidagro, José Eduardo Corrêa dos Santos “a atividade econômica aquecida e as boas perspectivas para o agronegócio também tem levado Campo Grande a bater recordes mensais em seu comércio internacional.” Empregos - Desde o pico da pandemia da Covid-19, em julho de 2020, até agora, Campo Grande criou mais de 25 mil novos postos de emprego. Só em 2021, foram mais de 13 mil novas oportunidade. “A criação de 26,4 mil postos de trabalho em Campo Grande do início da pandemia até hoje é uma prova que a economia da Capital suportou bem esse difícil período de dois anos, saindo robustecida para consolidar o crescimento sócio-econômico”, disse Adelaido Vila, secretário da Sidagro. Em junho, Campo Grande gerou 1.185 vagas. No acumulado deste ano, de janeiro e a junho, chegou a marca de 8.268 empregos formais gerados, sendo mais de 5,6 mil apenas no setor de serviços. No comércio, foram 1.276 novos postos de trabalho. O segmento da indústria e construção criaram, juntos, mais 1,2 mil novos empregos.

•  campo grande news •  navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 07/08/2022 15h00min
Naviraí fará 2º Cross Triathlon da Independência no dia 18 de Setembro
Geral - 07/08/2022 15h00min
Prefeitura promoveu palestra sobre inserção no mundo do trabalho
Geral - 07/08/2022 14h38min
Campanha contra a pólio e multivacinação de adolescentes começam amanhã
Geral - 07/08/2022 14h33min
Eleições 2022 mantém maioria do eleitorado feminina, com 53%
Geral - 07/08/2022 14h17min
Simone Tebet registra candidatura à Presidência no TSE
Geral - 07/08/2022 13h56min
Fernando Rufino garante medalha de prata no Mundial de Canoagem
Geral - 07/08/2022 13h50min
Ministério lança campanha de combate à violência contra a mulher
Geral - 07/08/2022 13h45min
Energisa e Prefeitura fazem ações educativas de uso racional de energia