09/07/2022 10h48min - Geral
1 mês atrás

População sofre com o tempo seco em Campo Grande: “haja imunidade”


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Campo Grande NEWS


Para amenizar os efeitos causados pelo tempo seco em Campo Grande, a população tem redobrado os cuidados, principalmente com as crianças e os idosos, que são os que mais sofrem com a falta de chuva.   O predomínio do ar seco, característica típica do inverno, causa incômodo nos olhos, nariz, lábios e no trato respiratório, por ressecar as mucosas. A vendedora  Cássia de Jesus Santos, de 37 anos, costuma colocar uma toalha molhada nos cômodos da casa para refrescar o ambiente. Ela também lava o nariz das crianças com soro e dá bastante líquido para os filhos pequenos não ficarem doente.  “Para a gente que tem criança é difícil. Tosse seca, carregada. Não adianta dar remédio. De manhã está friozinho e à tarde um calor danado. À noite começa esfriar de novo. Cada hora o tempo está de um jeito. Haja imunidade”, lamentou.  Conforme o Climatempo,  com o ar seco, infecções oportunistas também são mais comuns, como conjuntivites. As doenças alérgicas do trato respiratório são facilitadas e ambientes com muita poeira incomodam bastante o nariz e os olhos. Beber bastante líquido, evitar desgaste físico e exposição ao sol nas horas mais secas do dia são umas das recomendações dos meteorologistas.   Moradora de chácara, Maria do Carmo, de 55 anos, disse que toma muito líquido para evitar os efeitos causados pela baixa umidade relativa do ar. “Quem mora em chácara sofre bastante. Muita poeira, é terrível”, disse.  Compartilha da mesma opinião, Neila Lima, de 51 anos. Nos últimos dias, ela vêm sofrendo com dor de cabeça. “Acho que isso está relacionado com a baixa umidade relativa do ar. Para piorar o povo ainda faz muita queimada, prejudicando a si e aos outros. Para melhorar a qualidade do ar, eu procuro lavar a calçada e evito colocar muito tapete e cortinas na casa. Tenho bastante planta também, o que ajuda deixar o ambiente arejado”, contou.  Há alerta para o ar muito seco neste fim de semana com risco de incêndios florestais e à saúde. Os níveis de umidade relativa do ar devem variar entre 12% e 20%, no período da tarde. Valores bem abaixo do ideal para saúde, que é umidade de 60%.  

•  campo grande news •  navirai •  noticias


Últimas Notícias
Geral - 10/08/2022 13h11min
Vítima procura polícia para denunciar furto e ao voltar para casa encontra suspeito dormindo na própria cama
Geral - 10/08/2022 13h08min
Maioria do STF vota a favor de reajuste de 18% para o Judiciário
Geral - 10/08/2022 12h48min
WhatsApp estende prazo para apagar mensagens enviadas
Geral - 10/08/2022 12h31min
Idosa é socorrida com furo no olho ao ser atacada com tesouradas pelo enteado
Geral - 10/08/2022 12h20min
Pandemia mudou hábito e 20% dos passageiros deixaram de usar ônibus na Capital
Geral - 10/08/2022 12h13min
Homem confessa ter matado idoso após briga por volume de som
Geral - 10/08/2022 12h09min
Suspensão de redução de imposto preocupa setor industrial do Estado
Geral - 10/08/2022 12h00min
MS gasta 40% da receita com 52 mil servidores: Saiba opinião de candidatos