02/02/2021 17h31min - Geral
3 semanas atrás

Rede estadual recebe professores na quinta e alunos no dia 1º


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: SulNews


ANA PAULA CHUVA / CAMPO GRANDE NEWS As escolas da Rede Estadual de Ensino já estão se preparando para a volta às aulas programada para o dia 1 º de março, com ensino híbrido. No entanto, na quinta-feira (4) o ano letivo já começa com a lotação dos professores que poassam a cumprir o expediente de forma presencial. Mato Grosso do Sul tem 12,5 mil professorem em 345 escolas. Só no fim de fevereiro o governo estadual realmente deve “bater o martelo” sobre a volta do ensino híbrido, com aulas presenciais e remotas, no dia 1º de março, mas na quinta-feira (4) os professores já começam com a formação feita todos os anos, para que no dia 11 de março comecem a planejar o ano letivo.  Nessa formação estão previstas não só a abordagem pedagógica, mas também das questões socioemocionais e dos protocolos de biossegurança, para que os educadores possam acolher esses alunos que passaram um ano letivo quase inteiro “fora” da escola em razão da pandemia de covid-19. Para o diretor da Escola Estadual Henrique Cirilo, Fabiano Francisco Soares, o momento é de muita expectativa e otimismo. Ele que assumiu a direção da instituição em pleno ano de pandemia, sentiu a dificuldade em se adaptar vendo uma escola sem alunos.  “Estamos muito otimistas. Mesmo que não seja 100% presencial e mesmo com os protocolos, a gente acha que vai ser mais fácil alcançar principalmente os alunos que deram uma sumida da escola, muitos por não terem as condições de estudar de forma remota, pai e mãe que não vieram buscar as atividades. Estamos com expectativas boas para a volta”, disse Fabiano.  Mesas ainda serão retiradas, mas piso já começou a ser marcado (FOTO - PAULO FRANCIS) Na escoia atualmente são 285 matriculados já designados, mas Fabiano acredita que esse número chegue aos 320 estudantes do 4º ao 9º ano. A instituição atua com ensino integral, está se adaptando não só para os momentos de aulas, mas também para as horas da refeição que deverão ser escalonadas. “Nós teremos entre 15 e 18 alunos aproximadamente por sala de aula, em casa semana. Serão em média 150 para almoço, então precisamos nos adaptar para o escalonamento. Mas já começamos com algumas adaptações como os dispensers de álcool em gel colocados no pátio, vamos ter o tapete sanitizante na entrada, o totem de álcool também, tudo como manda o protocolo”, explicou o diretor. Como a volta está prevista para ser no ensino híbrido, os alunos serão escalonados, ou seja, uma semana estarão na escola e na seguinte farão as atividades remotas. Não haverá transmissão ao vivo em tempo real das aulas, mas caso o professor sinta a necessidade poderá ser feito.  Fabiano assumiu escola em plena pandemia e está otimista com a volta “Muitos alunos não tem condições de assistir a aula ao vivo, então será nos mesmos moldes como no ano passado, com as atividades impressas disponibilizadas na escola para o aluno que ficar na semana em casa e para os pais que optarem não voltar com esse aluno para a sala de aula”, detalhou Fabiano.  

•  sulnews •   noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 24/02/2021 17h11min
Naviraí conquista motoniveladora para atendimento do setor produtivo
Geral - 24/02/2021 16h30min
Sem vacina, professores das escolas estaduais recusam retorno às aulas
Geral - 24/02/2021 15h46min
Não soube esperar-Pescador é detido pela PMA a poucos dias da liberação da pesca
Geral - 24/02/2021 10h36min
Governo Estadual muda secretarias e prepara terreno para 2022
Geral - 24/02/2021 10h03min
Juventude de Dourados comemora campanha e visibilidade na Taça Brasil
Geral - 24/02/2021 10h03min
Juventude de Dpurados comemora campanha e visibilidade na Taça Brasil
Geral - 24/02/2021 09h45min
ITAQUIRAÍ: Agricultura Familiar é priorizada pela administração
Geral - 24/02/2021 09h34min
Veículo carregado com mais de 2 mil litros de herbicida foi apreendido pelo DOF