04/05/2021 07h55min - Geral
3 dias atrás

Vacinação contra aftosa em bovinos e bubalinos de MS vai até junho


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


Campanha começou dia 1° de maio no Estado. (Foto: Divulgação Semagro)

A campanha de vacinação de bovinos e bubalinos em Mato Grosso do Sul contra febre aftosa se iniciou no dia 1° de maio e segue até junho para a região do Planalto. O registro da vacinação é obrigatório e pode ser realizado pelo site www.gap.ms.gov.br.

A expectativa da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do Mato Grosso do Sul (IAGRO) é de que os produtores do Estado vacinem em torno de 18,5 milhões de animais.

De acordo com a Portaria IAGRO N. 3.653, de 19/09/2020, o calendário do Estado foi dividido em apenas duas regiões, desde a última campanha no ano passado.

A vacinação de todo o rebanho acontece em maio em Planalto e no Pantanal, as duas regiões sanitárias do Estado.

 

CALENDÁRIO

A vacinação dos animais da região do Planalto termina em 31 de maio. Já a declaração de vacinação no sistema encerra no dia 15 de junho.

Na região do Pantanal, a vacinação termina em 15 de junho e a declaração pode ser feita até 30 de junho. (Com informações Jornal Correio do Estado).

Fonte: Jornal Correio do Estado

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 07/05/2021 09h08min
DOF prende três com 27 kg de cocaína escondida em veículo
Geral - 07/05/2021 08h32min
Após encontro amoroso, homem é ferido com 3 tiros na rua por desconhecido
Geral - 07/05/2021 08h24min
Três apostas acertam cinco números da Mega-Sena e faturam mais de R$ 30 mil cada
Geral - 07/05/2021 08h15min
Os 79 municípios de MS irão receber a vacina Pfizer na próxima semana
Geral - 07/05/2021 07h30min
Marun diz que é inveja a crítica por baixo salário
Geral - 07/05/2021 07h05min
Corpo de Bombeiros faz alerta para prevenção de queimadas
Geral - 07/05/2021 07h00min
Rafael Volpato e Simon Freitas pede fisioterapeutas e psicólogos nas UBS
Geral - 07/05/2021 06h40min
Três apostas no interior de MS faturam R$ 30,9 mil na quina