14/06/2021 08h00min - Geral
1 mês atrás

Vanda Camilo foi eleita prefeita de Sidrolândia neste domingo


 • 

nIndexer / redacao@naviraionline.com.br
Fonte: Naviraí Notícias


(Foto: Marco Tomé/Região News)

O que já vinha sendo anunciado nas pesquisas eleitorais, acabou se confirmando nas urnas das eleições suplementares de Sidrolândia. A prefeita interina do município, Vanda Camilo (PP), acabou vencendo o pleito após conquistar 10.768 (52,40%) dos votos válidos.

O seu adversário, Enelvo Felini (PSDB), obteve 9.782 ( 47,60%) de preferência nas urnas. Já brancos/nulos somaram 746 (3,48%). 

Com a confirmação do nome de Vanda, ela entra para a história política do município como a primeira prefeita.

A vereadora ainda recebeu apoios importantes, como dos deputados estaduais Coronel David (sem partido) e do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Paulo Corrêa (PSDB), mesmo ele sendo do mesmo partido do seu adversário.

Segundo o TRE, participaram da votação pouco mais de 30 mil eleitores.

Devido a pandemia da Covid-19, a realização do pleito complementar, que estava marcado para o último dia 11 de março, acabou sendo adiado. Vanda Camilo acabou assumindo a prefeitura em janeiro deste ano, após também ser eleita presidente da Câmara da cidade.

O vencedor do pleito realizado em novembro do ano passado foi Daltro Fiuza (MDB), porém o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) impugnou sua chapa baseado na lei da “Ficha Limpa”.

O novo pleito foi convocado pelo TRE, após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidir manter a impugnação do registro de candidatura de Daltro Fiúza (MDB), eleito em novembro do ano passado. 

A determinação judicial foi reconhecida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidiu marcar a eleição suplementar. No entanto, Fiuza ainda tenta reverter o caso no TRE-MS. 

 

MORTE DO VICE

Fellini ainda teve um revés na campanha, pois uma semana antes do pleito, ele acabou de perder seu vice de chapa, o empresário, Moacyr de Almeida. Ele morreu na manhã da última segunda-feira (7), vítima de Covid-19.

Quem assumiu seu lugar foi o médico cardiologista Sérgio Ocampos (Patriota). 

 

CALENDÁRIO:

18/06: último dia para entrega da prestação de contas;

1/07: último dia para o julgamento das contas;

02/07: último dia para a diplomação dos eleitos;

02/07: último dia para a posse dos eleitos.

 

MAIS CIDADES

Outros três candidatos a prefeito em Mato Grosso do Sul vencedores nas urnas em 2020 estão em situação semelhante a de Daltro, mas ainda aguardam serem julgados em definitivo para saber se podem ou não assumir seus cargos.

São eles João Donizeti Cassuci (PDT), vencedor do pleito pela prefeitura de Angélica, Heliomar Klabunde (MDB), em Paranhos, e Álvaro Urt (DEM), em Bandeirantes. Nessas cidades, caso eles sejam impedidos de assumir, também deverá ter nova eleição. (Com informações Jornal Correio do Estado).

Fonte: Jornal Correio do Estado

•  navirai noticias •   site •   naviraí


Últimas Notícias
Geral - 25/07/2021 03h06min
Rixa antiga acaba com homem ferido a garrafadas
Geral - 25/07/2021 03h05min
Traficante abandona moto com 22 tabletes de maconha em milharal
Geral - 25/07/2021 03h04min
Polícia Federal apreende mais de R$ 200 mil em cédulas na fronteira do Brasil com a Bolívia
Geral - 25/07/2021 02h02min
Caminhonete roubada no Paraná é recuperada em Dourados
Geral - 24/07/2021 18h13min
MS registra 547 casos novos e mais 14 mortes por Covid-19
Geral - 24/07/2021 17h12min
Homem morre atropelado em frente a mercado onde trabalhava e motorista foge
Geral - 24/07/2021 16h50min
Itaquiraí – Força Tática apreende mais de meia tonelada de maconha em barraco
Geral - 24/07/2021 16h09min
Lei de cotas para pessoas com deficiência completa 30 anos